Image Map

31 dezembro 2015

Top 5 - Melhores Leituras de 2015

0

O ano já acabou e é claro que não poderia faltar uma retrospectiva com alguns dos melhores livros que li durante este ano, não é mesmo?
Geralmente costumo fazer esse balanço no canal do blog youtube, porém como o canal está passando por algumas reformulações e só voltará a ativa no começo de 2016 resolvi postar somente aqui no blog mesmo.
Confiram quais foram os 5 livros que ganharam o meu coração neste ano que passou...


Top 1 - Extraordinário - R.J. Palacio
August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros. 

Extraordinário é o tipo de livro que dispensa comentários e agrada a todos os públicos e todas as idades idades. Apesar de ter o livro em minha estante desde o seu lançamento em 2013, foi só em Julho desde ano que finalmente fiz a sua leitura e a história me encantou completamente. 
Auggie nos conquista com sua história e principalmente com seu modo de encarar a vida e dá um verdadeiro tapa na cara de quem julga pela aparência.
Uma leitura que deveria ser obrigatária em todas as escolas e certamente ganhou com louvor a primeira posição na minha lista de melhores do ano.


Top 2 - Mar de Tranquilidade
Nastya foi privada daquilo que mais amava e perdeu sua voz e a própria identidade. Agora, dois anos e meio depois, ela se muda para outra cidade, determinada a manter seu passado em segredo e a não deixar ninguém se aproximar. Mas seus planos vão por água abaixo quando encontra um garoto que parece tão antissocial quanto ela. É como se Josh Bennett tivesse um campo de força ao seu redor. Ninguém se aproxima dele, e isso faz com que Nastya fique intrigada, inexplicavelmente atraída por ele.

Mar da Tranquilidade é um daqueles romances apaixonantes, tocantes e misteriosos que ganham facilmente o nosso coração.
A história foge do clichê e não é nada superficial deixando ao leitor uma linda mensagem sobre acreditar nos seus sonhos e nunca perder a esperança.


Top 3 - Uma Curva no Tempo
A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona? A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente? 

Desta lista acredito que Uma Curva no Tempo é o livro que mais me tocou e também a história mais difícil de ser descrita. 
Suas páginas nos fazem rir, chorar e suspirar e sua leitura nos deixa sentimentos conflitantes. Como um final pode ser ao mesmo tempo extremamente triste e feliz? 
Só quem ler irá descobrir.


Top 4 - Minha Vida mora ao Lado
Os Garrett são tudo que os Reed não são. Barulhentos, caóticos e afetuosos. São de verdade. E, todos os dias, de seu cantinho no telhado, Samantha sonha ser uma deles, ser da família. Até que, numa noite de verão, Jase Garrett vai até lá e...Quanto mais os adolescentes se aproximam, mais real esse amor genuíno vai se tornando. Contudo, precisam aprender a lidar com as estranhezas e maravilhas do primeiro amor. A família de Jase acolhe Samantha, apesar dela ter que esconder o namorado da própria mãe.

Minha Vida Mora ao Lado é um romance fofo de verão que  é extremamente bem escrito e tem muito conteúdo.
Com personagens maravilhosos e uma história interessante o livro é mais um daqueles que devorei rapidamente a leitura e nem senti o tempo passar. 


Top 5 - Fazendo meu Filme 
Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. “Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.

Apesar de já ter lido outros livros e contos escritos por Paula Pimenta anteriormente, somente em 2015 tive a oportunidade de ler sua obra mais famosa e que conquistou leitores ao redor do mundo.
Fazendo meu Filme trás uma leve história juvenil que também é capaz de conquistar leitores de todas as idades. 

Agora gostaria de saber de vocês, quais foram as suas melhores leituras de 2015?

29 dezembro 2015

[Resenha] A Tentação de Lila e Ethan

0
Livro: A Tentação de Lila e Ethan
Autora: Jessica Sorensen
Editora: Geração

Compre com desconto: http://oferta.vc/oFeW

Sinopse:

"Na superfície, Lila Summers é impecável: boa aparência, roupa cara e um grande e belo sorriso. Mas seu passado sombrio e seus segredos ainda mais escuros estão ameaçando acabar com sua fachada perfeita. Ela vai fazer de tudo para esconder o vazio dentro de si — o que a leva em situações que sempre acabam mal. Cada vez que ela chega ao fundo existe apenas uma pessoa que sempre está lá para pegá-la: Ethan Gregory.Ethan estabeleceu regras há um tempo: Lila e ele são amigos. Ele não é um cara de relacionamentos. Embora sua aparência de bad boy tatuado esteja bem longe da imagem de princesa de Lila, Ethan não pode negar que entre eles existe uma conexão mais profunda do que ele está acostumado. Se ele não for cuidadoso, ele corre o risco de se apaixonar — e ele aprendeu da pior forma que se apaixonar só leva a desilusão.Quando Lila cai mais longe do que jamais caiu, Ethan continuará ajudando-a apenas como um amigo? Ou será que ele também está perto de cair... por ela?"

A Tentação de Lila & Ethan é o terceiro livro da série Segredos e tem como protagonistas os melhores amigos do casal Ella e Micha.
Depois de acompanharmos um pouco da vida dos dois em OSegredo de Ella e Micha e O ParaSempre de Ella e Micha, chegou à vez de Lila e Ethan serem o centro das atenções e de conhecermos a fundo as suas histórias.
Lila Summers tem 20 anos e leva uma vida completamente vazia escondida atrás de sua beleza e riqueza. Para tentar fugir de sua família e tentar esquecer um drama vivido em seu passado, a garota leva a vida a base de remédios e em noitadas com muitas bebidas e sexo sem compromisso.

“Beleza. Vaidade. Perfeição. Três palavras que a minha mãe adora. Significam mais para ela do que o marido, as filhas e a vida. Se ela não tivesse esses atributos, preferia estar morta. Se eu não tivesse esses atributos, ela me repudiaria. Ser impecável. Brilhar luminosamente. Nunca, jamais, fazer algo abaixo da excelência. Essas são as regras dela e a vaidade que constituem a minha vida. E o meu pai não é melhor. Na verdade, acho que ele pode ser até pior, porque, mesmo com beleza, perfeição e excelência, eu nunca sou boa o bastante.” 

Através de Ella, sua melhor amiga da faculdade, Lila conhece Ethan Gregory e os dois rapidamente criam fortes laços de amizade. A partir desse dia sempre que Lila se mete em uma nova encrenca a única pessoa a qual ela recorre para “salvá-la” é Ethan.
Ethan é de uma família humilde, também adora uma noitada e assim como Lila possui um passado forte e conturbado do qual não consegue se esquecer. 
Apesar da inegável atração existente entre os dois, eles decidem manter a relação entre eles apenas como amizade para evitar maiores confusões já que um relacionamento amoroso poderia estragar completamente a ótima relação de companheirismo e lealdade que eles possuem.

“Enquanto os dois tentavam se acertar, passei muito tempo com Ethan e nós nos entendemos bem desde o começo. Houve uma espécie de conexão estranha entre nós, como se compreendêssemos um ao outro, apesar de virmos de mundos completamente diferentes: o rico e o pobre.”

O livro possui uma história independente que pode ser lida separadamente, porém recomendo que você leia também os livros anteriores da série, pois só assim você poderá conhecer a fundo todos os personagens e entender completamente a história, já que neste livro temos vários spoilers dos livros anteriores.
A narrativa segue em primeira pessoa intercalando a visão dos dois protagonistas e Jéssica Sorensen  tem o poder de transformar o clichê em uma história intensa e extremamente interessante, sendo muito fácil se apaixonar pelos personagens e se envolver com suas histórias. Se você gosta do gênero New Adult não pode deixar de incluir os livros da autora em sua lista de leitura.

23 dezembro 2015

Tá na moda: Batom Líquido

0

Quando o assunto é maquiagem, sem dúvida nenhuma o que mais chamou a atenção neste ano de 2015 foi o batom líquido. 
Desde a metade do ano todas as marcas tem apostado fortemente no lançamento deste tipo de batom e o item está caindo cada vez mais no gosto popular e se tornando o queridinho de muitos mulheres. 


As principais vantagens apontadas em relação à versão em bastão e ao gloss são a textura, durabilidade e a intensidade da cor. 
Com acabamento aveludado ou matte, as marcas nacionais e importadas estão investindo no produto e lançando cores bem diferentes e intensas que vão desde o popular pink até o lilás e os exóticos cinza e azul. 


Os mais utilizados e elogiados até o momento são os da marca Vult que custam em torno de R$19,90 cada e os da Quem Disse, Berenice? que estão custando R$31,90, porém as principais marcas já possuem esta versão então você encontrará com facilidade o batom líquido da cor e marca da sua preferência nas principais lojas de cosméticos, farmácias e até mesmo supermercados. 

11 dezembro 2015

[Resenha] Obsidiana

0
Livro: Obsidiana
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina

Compre com desconto: http://oferta.vc/ouk2

Sinopse:

"Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra... Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão... Bem, algo aconteceu... Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha "luz" extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro."

Antes mesmo de seu lançamento aqui no Brasil já tinha ouvido falar bastante de Obsidiana e da tão famosa e amada Saga Lux, e apesar de ter lido anteriormente apenas um livro relacionado à ETs, inicialmente o que mais me chamou a atenção nesta série foi o fato dela ser protagonizada por uma blogueira literária. 
Como não ficar curiosa para saber como o meu universo foi retratado no livro? 
Katy é uma leitora compulsiva que assim como eu prefere passar suas horas vagas em casa lendo e fazendo novas resenhas para o seu blog.
Após completar três anos do falecimento de seu pai, sua mãe decide recomeçar a vida em um novo trabalho na pacata cidade de West Virgínia, para o desespero de Katy que não gosta nada de abandonar os seus amigos.

"Olhei para a pilha de caixas no meu quarto novo e desejei que a internet já tivesse sio instalada. Não poder acessar meu blog literário desde a mudança era como ficar sem um braço ou uma perna."

Sem conhecer ninguém na cidade e aceitando o incentivo da mãe, a garota decide ir conhecer seus novos vizinhos quando conhece Daemon, um lindo garoto de olhos verdes que atende a porta sem camisa e a deixa paralisada. Mas basta ele abrir a boca para Katy detestá-lo com todas as forças, já que Daemon se mostra um garoto muito arrogante e debochado e não está nem um pouco disposto a fazer uma nova amizade.
Não aprovando a atitude do irmão, Dee decide ir atrás da nova vizinha e rapidamente ela e Katy acabam se tornando amigas inseparáveis.
Prevendo que essa amizade vai acabar trazendo muita confusão, Daemon não vê alternativa a não ser se aproximar da garota também, já que o relacionamento deles com humanos pode se tornar algo bem complicado e perigoso.

“— Você não está se trancando em casa, nem se balançando pelos cantos como uma pessoa perturbada, certo?  Revirei meus olhos e recomecei a caminhar.  — Não, Daemon, mas obrigada por se certificar de que eu ainda não perdi a sanidade e tal.”

Misturando romance, suspense, bom humor e ficção, a história e seus personagens me conquistaram facilmente me fazendo devorar suas 320 páginas em poucas horas.  
Com a narrativa em primeira pessoa bem rápida e fluida o clima durante a leitura me lembrou da época em que li a Saga Crepúsculo, porém apesar do livro ter algumas semelhanças com os escritos por Stephenie Meyer, Obsidiana conseguiu encontrar o seu próprio caminho e ganhar o seu espaço.
Fazia um bom tempo que não lia nada do gênero sobrenatural e confesso que com o passar dos anos os livros desse gênero foram me interessando cada vez menos, pois acabei me apegando fortemente aos romances históricos e contemporâneos.
Tenho que dizer que Obsidiana foi uma grata surpresa e despertou em mim não somente a vontade de ler a sua continuação, como também uma saudade de voltar a ler mais livros do gênero.

09 dezembro 2015

Looks das famosas no casamento de Daniel de Oliveira e Sophie Charlotte

0

O casamento dos atores Daniel de Oliveira e Sophie Charlotte deu o que falar ao reunir diversas celebridades em cerimônia realizada em Niterói, no Rio de Janeiro.  Foi um verdadeiro tapete vermelho, com personalidades esbanjando vestidos de grife caríssimos.


Bruna Marquezine foi uma das que mais chamou a atenção usando um vestido da grife Cris Barros na cor rosa claro. A peça, que atualmente está à venda somente em uma versão preta estampada, custa R$ 4.272.


Thaila Ayala que foi uma das madrinhas, apostou em um vestido azul claro da Badgley Mischka e clutch em madrepérola, da Isla, à venda por R$ 1.494. Enquanto Fiorella Mattheis que também foi madrinha optou por um vestido coral de um ombro só da Printing e bolsa Versace.


Fugindo dos tons claros que dominaram a cerimônia, Camila Pitanga apostou em um vestido estampado tomara que caia da grife Apartamento 03. 



E por último é claro que não podemos deixar de falar da noiva, para o grande dia a atriz Sophie Charlotte escolheu um modelo romântico e delicado da grife Martu e nos pés usou uma sandália peeptoe em cetim de seda pura.

29 novembro 2015

[Resenha] Encontrando-me

0
Livro: Encontrando-me
Autora: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito

Compre com desconto: http://oferta.vc/ojQy

Sinopse:

"A maioria das garotas mataria para passar meses viajando pela Europa após a formatura da faculdade, sem responsabilidade, sem os pais e sem limite nos cartões de crédito. Kelsey Summers não é exceção. Ela está tendo o momento de sua vida... ou isso é o que ela continua dizendo a si mesma.É um negócio solitário, pois está tentando descobrir quem ela é, especialmente porque está com medo de não gostar do que pode encontrar. Nenhuma quantidade de bebida ou dança pode afugentar a solidão de Kelsey, mas talvez Jackson Hunt possa. Depois de alguns encontros casuais, ele a convence a fazer uma viagem de aventura ao invés de ficar bebendo. A cada nova cidade e experiencia, a mente de Kelsey se torna um pouco mais clara, e seu coração menos. Hunt ajuda a desvendar seus próprios sonhos e desejos, mas quanto mais ela conhece sobre si mesma, mais percebe o quão pouco ela sabe sobre ele."

Não é novidade para ninguém que gosto muito de livros do gênero New Adult, e dentre as autoras desse gênero, Cora Carmack tem entrado com louvor para a minha lista de autores favoritos.
Encontrando-me é o terceiro livro da série The Losing It e tem como protagonista Kelsey Summers, a melhor amiga de Bliss (protagonista de Perdendo-me) e de Cade (protagonista de Fingindo).
Kelsey é uma garota de 22 anos que após terminar a faculdade resolveu viajar sozinha pela Europa em busca de muita aventura e novas experiências.
Se hospedando em albergues e usando o cartão sem limites do pai em incontáveis noitadas, a única coisa que ela deseja realmente é se encontrar e finalmente ser feliz.

"Queria viver algo extraordinário, algo mais. Eu me recusava a acreditar que meus melhores anos já haviam passado agora que eu me formara na faculdade. E, se aventuras só existiam no presente, era só no presente que eu queria existir também." 

No meio da viajem, bêbada em uma casa noturna de Budapeste, ela conhece o misterioso Jackson Hunt, um ex-militar para parece esconder um grande segredo.
Apesar de rejeitar várias vezes as suas cantadas e investidas, Hunt estranhamente se aproxima cada dia mais de Kelsey e está disposto a provar a ela que é possível viver grandes aventuras que não envolvam o álcool e nem o sexo.
Juntos os dois seguem viagem e proporcionam ao leitor conhecer um pouco mais de várias cidades da Europa. A autora conseguiu retratar os locais e cidades pelos quais o casal passava muito bem, de forma com que em muitos momentos pudéssemos nos sentir viajando junto com eles.

"- O melhor da vida é aquilo que não podemos planejar. E é muito mais difícil encontrar felicidade quando se procura num só lugar. As vezes você simplesmente tem que se livrar do mapa. Admitir que não sabe para onde está indo e deixar de se pressionar para descobrir. Além disso... um mapa é uma vida que outra pessoa já viveu. É mais divertido criar seu próprio mapa."

Diferente do livro anterior, que intercala os capítulos com a narração dos dois protagonistas, Encontrando-me é narrado em primeira pessoa apenas por Kelsey, fato que me deixou um pouco triste e decepcionada, já que adoraria poder ter conhecido um pouco mais de Jackson.
Jackson foi um personagem que me conquistou desde a sua primeira aparição e o seu segredo foi algo surpreendente que eu nem ao menos suspeitei ao longo da leitura.
Apesar de Fingindo ainda ser o meu livro preferido da série, Encontrando-me não me decepcionou nenhum um pouco, uma história envolvente que apesar de ter alguns elementos clichês do gênero é muito bem escrita e me conquistou. 

23 novembro 2015

Decoração fofa para o Natal!

0

O Natal está chegando e aposto que vocês já estão montando a árvore e decorando a casa não é mesmo?
Eu amo essa época do ano e o clima festivo que toma conta de todos os lugares e faço questão de decorar cada cantinho da casa e deixar tudo mais alegre com papai noel, rena, muitas luzes e etc.
E como também adoro dividir dicas de decoração fofa com vocês ai vai uma bem natalina. 


Esses fofinhos ai de cima foram feitos com muito carinho pela minha mãe, que é uma artesã muito talentosa e inspirada, e a boa notícia é que vocês também podem tê-los nas decorações de Natal de vocês.
Os três modelinhos da foto foram feitos em biscuit já estão a venda clicando aqui.
E além deles você também pode ter outros do jeitinho que você quiser, basta entrar em contato através da página: facebook.com/marlenespina.casamento e encomendar o seu.

ps: este post não é fruto de nenhuma ação publicitária e nem de parceria, é apenas uma indicação de uma blogueira apaixonada pelo Natal e pelo trabalho de sua mãe.

10 novembro 2015

[Resenha] Como se Apaixonar

0
Livro: Como se Apaixonar
Autora: Cecelia Ahern 
Editora: Novo Conceito

Compre com desconto: http://oferta.vc/o0m8

Sinopse:

"Depois de não conseguir evitar que um homem acabasse com a própria vida, Christine passa a refletir sobre o quanto é importante ser feliz. Por isso, ela desiste de seu casamento sem amor e aplica as técnicas aprendidas em livros de autoajuda para viver melhor.Adam não está em um momento muito bom, e a única saída que ele encontra para a solução de seus problemas é acabar com sua vida. Mas, para a sorte de Adam, Christine aparece para transformar sua existência, ou pelo menos tentar ajudá-lo. Ela tem duas semanas para fazer com que Adam reveja seus conceitos de felicidade. Será que ele vai voltar a se apaixonar pela própria vida?"

Quando fiquei sabendo que a Editora Novo Conceito publicaria mais um título da Cecelia Ahern ainda em 2015, fiquei muito feliz; mal podia esperar para ter ele em mãos e iniciar a leitura do que já supunha ser mais uma obra emocionante , reflexiva e bem humorada, com o equilíbrio que essa só essa autora é capaz de proporcionar em suas narrativas. E felizmente, não me decepcionei.
Em ‘como se apaixonar’, acompanhamos a história de Christine, uma agenciadora de recrutamento de 33 anos, apaixonada por livros de auto ajuda que ao se ver em crise, começa a buscar nessas leituras formas de encontrar a felicidade e mudar alguns aspectos da sua vida que a tempos a incomoda. Movida por esse desejo e após presenciar algo que a marcaria para sempre, resolve se divorciar do marido e recomeçar do zero.

“Eu testemunhara uma das coisas mais reais da minha vida, e isso me fez querer parar de fingir, isso me fez querer ser verdadeira e que tudo na minha vida fosse real e honesto.”

Mas Christine mal começou a se ajustar a sua nova realidade e começar sua busca por essa tão sonhada felicidade quando conhece Adam, um homem que vem passando por tantos problemas que em um momento de crise, resolve por fim a sua vida.
Vendo aí, uma oportunidade de se redimir de erros do passado e provar para si mesma e para os outros que ela é capaz de salvar uma vida, ela faz um acordo com Adam; vai provar a ele que a felicidade existe e está ao alcance de quem a deseja, e que se ela foi capaz de largar tudo em busca disso, ele também será. Christine só quer a chance de mostrar a ele que viver vale a pena.

“ – Nunca é tarde demais. Acredite em mim, é possível mudar a sua vida. Você pode muda-la. Eu posso ajudar – falei, minha voz um pouco mais que um sussurro.”

O encontro de Adam e Christine e a forma como vão se envolver no período que se estende esse acordo deles, vai mudar a forma como ambos encaram a vida e o que os cercam. Christine acha que está fazendo um bem a Adam o ajudando a se reerguer, mas nem imagina o quanto de si mesma vai acabar descobrindo; o ajudando ela está acima de tudo se deparando com coisas que sempre buscou, e através disso, conseguindo enfim a vida que sempre quis, a paz que sempre desejou.

“Momentos são preciosos; às vezes eles se demoram e, em outras ocasiões, são passageiros, mas, ainda assim, muito pode ser feito durante eles, você pode mudar de ideia, pode salvar uma vida e pode até se apaixonar. “

O que mais me agrada na escrita da Cecelia Ahern é essa capacidade de construir personagens tão marcantes. Como em outros livros dela, não acompanhamos só a protagonista e sua história, mas também outras pessoas que vão surgindo ao longo da narrativa e que complementam o enredo de uma maneira que só a autora é capaz de fazer. E esses personagens são tão verdadeiros, tão humanos, que fica impossível não se envolver por mais que os vejamos em apenas algumas páginas. Ou seja, lendo essa história, você não ira só acompanhar a luta de Christine e Adam pela vida, mas também pedaços de outras histórias envolventes e importantes para o todo do livro.
Se você nunca leu nada da autora, ou assim como eu, já é apaixonado pelo modo dela de contar histórias, recomendo muito o ‘Como se apaixonar” você vai rir, se emocionar e refletir o quanto devemos ser gratos, dar valor a nossa vida e prestar atenção as pessoas que estão ao nosso redor.


 **** Resenha escrita  para o blog por nossa colaboradora especial Vivi Belon ****

08 novembro 2015

Esmalte em spray?

0

Não sei como é isso para vocês, mas sempre que vou fazer as unhas me dá aquela preguiça de ter toda aquela paciência no processo de pintar unha a unha e limpar os cantinhos até deixar as mãos perfeitas, definitivamente não é uma arte que eu domino muito bem. 
Mas e se existi-se no mercado um esmalte em spray para facilitar a nossa vida? 


Como vocês podem ver na foto acima esse sonho finalmente irá se tornar realidade. A Nails Inc. empresa britânica de esmaltes acabou de anunciar o lançamento do Paint Can (lata de tinta) um incrível esmalte que vem em uma lata spray e já está a venda em seu site oficial
É só borrifar o esmalte nas unhas, esperar secar e depois lavar as mãos normalmente com água morna e sabão.
Não é necessário acetona e nem removedor para limpar os borrões, isso é ou não é uma maravilha? 

Apesar de com certeza rolar um desperdício de produto com a grande quantidade de esmalte que fica nos dedos, essa novidade deve valer muito a pena para nos ajudar nos dias de correria ou preguiça. 
O Paint Can estará a venda nas lojas da Inglaterra a partir de 12 de Novembro e nos EUA a previsão de chegada é até a Primavera de 2016.
O jeito é torcer para alguma marca brasileira resolver trazer logo essa novidade aqui para o Brasil.


04 novembro 2015

[Resenha] Graffiti Moon

0
Livro: Graffiti Moon
Autora: Cath Crowley
Editora: Valentina

Compre com desconto: http://oferta.vc/noEg

Sinopse:

"Uma aventura emocionante e perigosa como um grafite clandestino. Uma noite de arte e poesia, humor e autodescoberta, expectativa e risco e, quem sabe, amor verdadeiro.

Um artista, uma sonhadora, uma noite, um significado. O que mais importa?
O ano letivo acabou, aliás, o último ano do ensino médio. Lucy planejou a maneira perfeita de comemorar: essa noite, finalmente, ela encontrará o Sombra, o genial e misterioso grafiteiro, cujo fantástico trabalho se encontra espalhado por toda a cidade. Ele está de spray na mão, escondido em algum lugar, espalhando cor, desenhando pássaros e o azul do céu na noite. E Lucy sabe que um artista como o Sombra é alguém por quem ela pode se apaixonar — se apaixonar de verdade."

Mesmo antes de Graffiti Moon ser lançado aqui no Brasil, sempre ouvi falar muito bem sobre o livro e tinha bastante curiosidade a respeito de sua história.
Escrito por Cath Crowley, a obra foi lançado por aqui em 2014, mas só tive a oportunidade de fazer a sua leitura agora.
A história é narrada em primeira pessoa de forma alternada por três personagens diferentes.
Lucy é uma garota que acabou de terminar o ensino médio e foi convidada a ter uma noite de muita aventura ao lado de seus amigos. Ao receber o convite ela nem estava com muita vontade de sair, até descobrir que nesta noite poderá enfim conhecer a identidade secreta do grafiteiro Sombra, um artista que conquistou o seu coração através dos desenhos que espalha pelos muros da cidade.

“E todos os pássaros daquele muro caem do céu. Eu os vejo caindo de barriga para cima. Uma tempestade deles cobre o chão.  Mais tarde, vou pintar o céu vazio e os pássaros caídos. Vou pintar, e saber que pior que estar preso num jarro é não estar em lugar nenhum.”

Como segundo narrador, temos o Sombra, que longe dos muros se chama Ed.
Ed leva uma vida muito difícil ao lado de sua mãe e sempre se sentiu rejeitado e excluído por todos. Sem emprego e enfrentando dificuldades para ajudar a pagar o aluguel da casa em que vive com sua mãe ele decide aceitar uma proposta perigosa e arriscada de seu amigo Leo, conhecido no mundo do graffiti como Poeta.
Poeta é o terceiro narrador dessa história e além de nos presentear com lindos e criativos poemas em seus capítulos, também é o principal responsável pela noite em que a vida dos três personagens irá se cruzar. 

"Gosto da ideia das suas garrafas. Memórias que são apenas formas estranhas flutuando aqui dentro da gente, memórias que são apenas garrafas vazias. E as coisas boas, engarrafadas, para que não possam ir embora."

A história do livro inteiro se passa em apenas 12 horas, uma divertida noite que com certeza ficará na memória dos personagens por muito tempo.
Um livro diferente, interessante e poético que fala sobre arte e sobre o amor em suas diferentes formas.
Apesar do estilo da narrativa ter me deixado confusa durante alguns momentos, não há como negar que a mensagem que a autora deseja transmitir através dessa história é muito bonita e positiva, trazendo ao leitor aquele sentimento de querer mudar o mundo, mesmo que seja através de pequenos gestos como um desenho grafitado em um muro.
No principio quando a capa nacional de Graffiti Moon foi divulgada, confesso que não gostei da escolha da editora Valentina e preferia  que o livro tivesse sido lançado com a capa americana, porém após finalmente fazer a sua leitora percebi que a capa brasileira também se adéqua perfeitamente a história.
Uma leitura fofa e rápida para quem está em busca de um romance diferente. 

27 outubro 2015

[Resenha] O Conde Enfeitiçado

1 comentários
Livro: O Conde Enfeitiçado
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro

Compre com desconto: http://oferta.vc/mA@k

Sinopse:

"Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton. Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele. Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
"


Sempre gostei de um bom romance histórico, e assim que surgiu a oportunidade de ler O Duque e Eu, me apaixonei pela escrita de Julia Quinn e pela família Bridgertons.
Em cada livro da série temos como protagonista um dos irmãos da família, e neste sexto volume chegou à vez de Francesca Bridgerton contar a sua história.
Francesca foi a personagem que menos apareceu nos livros anteriores da série e por isso eu estava bem curiosa para conhecer a sua história.
Casada há dois anos com John Stirling, Conde de Kilmartin, ela leva uma vida tranquila ao lado do marido até o dia em que ele morre subitamente após sentir uma forte dor de cabeça, deixando Francesca desolada.
Para superar esse momento difícil, Francesca pretende contar com o apoio de seu melhor amigo e primo de John, Michael Stirling, sem imaginar que ele é apaixonado por ela desde o dia em que a conheceu.

"Pois a Companhia de Francesca era a única coisa que poderia ter. Jamais haveria um beijo, um olhar ou um toque íntimo. Jamais haveria palavras de amor sussurradas ou gemidos de paixão."

Apesar de agora ter o caminho livre para conquistá-la, após a morte do primo, Michael acredita que ficar com Francesas é algo impossível e desrespeitoso e estar ao seu lado neste momento se torna algo ainda mais doloroso. 
Para fugir desse sentimento ele então prefere se afastar e foge para a Índia.
Aos poucos e somente após uma passagem de vários anos na história é que os dois finalmente se reaproximam e o romance começa a se desenvolver. 
Esta é uma das coisas características que eu adoro nos romances da autora, pois ela sempre sabe dar o tempo exato das coisas acontecerem e apesar de previsíveis os romances não são precipitados. 

"Mas agora, de repente... Ela olhara para ele e vira algo completamente novo. Vira um homem. E aquilo a assustara terrivelmente." 

Infelizmente dentre todos os livros da série que foram publicados até agora no Brasil, esse foi o que menos gostei e a história apesar de muito bem escrita e desenvolvida, não me emocionou como eu imaginei que emocionaria.
Senti falta da alegria e do bom-humor tão característico da família Bridgertons que sempre esteve presente durante as cenas divertidas que recheavam os livros protagonizados pelos outros membros da família.
Em O Conde Enfeitiçado, o clima é mais dramático e introspectivo refletindo a personalidade da protagonista que é bem diferente de seus irmãos.
A narrativa segue em terceira pessoa, bem rápida, com algumas cenas mas quentes e focando nos conflitos sentimentais dos protagonistas. 
Mesmo não sendo o meu livro favorito da autora, não posso deixar de indicar para quem está em busca de uma leitura leve e fluida. 
Nas páginas finais a autora fez questão de deixar uma nota muito bacana aos leitores, onde explica a sua base para criar alguns fatos importantes existentes na história. 

23 outubro 2015

IMPALA lança coleção cromada para o verão 2016

0


Inspirada na sintonia entre a arquitetura urbana e a moda, a marca de esmaltes IMPALA acaba de lançar novas cores com acabamento cromado, que prometem fazer muito sucesso entre as mulheres modernas, que adoram ousar na escolha de cores para pintar as unhas. 
Intitulada Glamour, a mini coleção em edição especial, apresenta três cores com máxima cobertura: prata, dourado e bronze rosé. 
Os tons são apontados como forte tendência da estação, e a grande aposta para produção de nail-arts com geometrias irregulares e vazadas cheias de estilo e criatividade. A mine coleção traz também o pincel flat com design italiano e formato achatado, que facilita a aplicação e permite cobertura uniforme, sem marcas.



Esmalte Impala Cromo Golden: elegância, glamour e poder são características do dourado nessa coleção.

Esmalte Impala Cromo Rosé: o tom bronze rosé é chique e confere charme ao visual.

Esmalte Impala Cromo Silver: prata combina com tudo e é um coringa em qualquer look.  


Data de Lançamento: Novembro
Preço sugerido: R$ 3,90.  

14 outubro 2015

Anunciada a terceira edição do Concurso Hydra de Literatura Fantástica Brasileira

0


A revista norte-americana Orson Scott Card’s Intergalactic Medicine Show (IGMS) e os websites brasileiros A Bandeira do Elefante e da Arara e Universo Insônia se uniram mais uma vez para levar o melhor da ficção especulativa brasileira para os leitores de língua inglesa do mundo inteiro, através da terceira edição do Concurso Hydra de Literatura Fantástica Brasileira.

Um painel de juízes brasileiros selecionará três finalistas entre os contos de literatura fantástica publicados no Brasil em 2013 e 2014. Orson Scott Card, um dos autores mais vendidos do mundo da ficção especulativa e Edmund R. Schubert, editor da IGMS, vão escolher o vencedor entre os finalistas. Os três finalistas terão seus contos traduzidos para o inglês e o vencedor receberá publicação remunerada na revista Intergalactic Medicine Show. 

O regulamento do concurso está disponível no endereço: http://universoinsonia.com.br/hydra3.

12 outubro 2015

Crianças comentam o Fashion Week

0

O portal de moda Stylight fez um vídeo super bem-humorado trazendo uma retrospectiva dos maiores eventos de moda internacionais e para isso crianças de 9 a 12 anos foram convidadas para comentar os looks mais excêntricos das Fashion Weeks. 
Como hoje é dia das crianças, nada mais justo do que compartilhar um vídeo fofo protagonizado por elas aqui no blog, não é mesmo?


Que na vida nunca se perca a nossa essência de criança, a honestidade, simplicidade e alegria de viver.

08 outubro 2015

[Resenha] Tocando as Estrelas

0
Livro: Tocando as Estrelas
Autora: Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito

Compre com desconto: http://oferta.vc/lIBc

Sinopse:

"Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte."

Este é um daqueles livros que chamou a minha atenção logo de cara por sua sinopse que é bem parecida com um enredo daqueles filmes adolescentes que são uma delicia.
Paige Townsen é uma garota de 17 anos que desde pequena sonha em ser atriz e sempre que pode participa de testes e audições para pequenas peças de teatro.
Quando seus melhores amigos Cassandra e Jake descobrem que terá uma audição para escolher a protagonista de um grande filme, não perdem a oportunidade de incentivá-la a participar e mesmo acreditando que não tem a minima chance de ser escolhida ela resolve arriscar e tentar a vaga. 
O filme em questão se chama Locked e é a adaptação de uma trilogia literária de sucesso que tem enlouquecido jovens do mundo inteiro.

“Eu sei que não tenho chance nenhuma. Reconheço que a probabilidade de conseguir um papel como essa é quase nula, mas isso acontece todas as vezes que vou tentar alguma coisa do tipo. Estou me sentindo um pouco...esperançosa. Como se esta fosse a vez em que tudo mudaria. Como se depois deste fim de semana, tudo pudesse ser diferente.”

Mesmo sem nunca ter lido os livros da série, Paige acaba ganhando facilmente o papel, sendo contratada para filmar durante meses em um set de filmagem especialmente montado na ilha de Maui no Havaí.
Além desse cenário incrível e paradisíaco, ela ainda descobre que fará par romântico com Rainer Devon, um dos galãs mais cobiçados do momento.
Rainer além de lindo é um cara incrível que rapidamente se torna um amigo muito mais que especial em sua vida.
Mas nem por isso tudo são flores e para tornar as coisas ainda mais confusas e intensas, quando Paige menos espera, o badboy Jordan Welder chega na ilha para formar o triângulo amoroso de Locked e confundir sua cabeça e mexer com seus sentimentos dentro de fora do set de filmagem.

“Caminho para o set de filmagens repetindo as mesmas palavras que entoo mentalmente todos os dias. Eles escolheram você. Você vai conseguir. Esse é o seu lugar.”

A narrativa é construída em primeira pessoa e a escrita de Rebecca Serle é bem rápida e fluida, porém infelizmente o livro não me conquistou como eu acreditei que conquistaria. Senti que a autora se perdeu em algumas partes da história e enrolou bastante em outras. 
A protagonista se mostrou alguém que eu não consegui me identificar e torcer durante a leitura, uma menina que mudou as suas atitudes e princípios drasticamente no final do livro sem ter um motivo concreto e crível para isto. 
Pelo que andei pesquisando Tocando as Estrelas é o primeiro livro de uma trilogia e sua continuação ainda não tem previsão de lançamento no Brasil.
Mesmo não tendo gostado muito da história arriscaria sim ler a sua continuação para quem sabe finalmente tentar entender algumas coisas que a autora deixou sem explicação neste primeiro livro.


 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com