Facebook Twitter You Tube

21 novembro 2014

[Resenha] Onde deixarei meu coração

1 comentários
Livro: Onde deixarei meu coração
Autora: Sarra Manning
Editora: Galera Record   
Compre com desconto: http://oferta.vc/5wbA


Sinopse:
"Simples, careta e sem graça. É assim que Bea se vê. Então quando a super descolada Ruby e seu bando de populares passam a se interessar por sua opinião, isso só pode ser uma pegadinha. Certo? Pelo menos é assim que sempre acontece nos filmes... Mas o convite para passarem as férias em Málaga parece pra valer. E com um bônus: Bea pode se afastar da mãe irritante e controladora. No entanto, depois de apenas 48 horas na Espanha, Bea se flagra mudando o itinerário. A menina decide visitar Paris para encontrar o pai que nunca conheceu. Afinal, a cidade luz pode emprestar um pouco de clareza a um período nebuloso de sua vida familiar. No caminho, ela conhece Toph, um estudante americano mochilando pela Europa. Enquanto procuram pelo pai dela nos cafés e boulevards de Paris, ela perde a cabeça em vez disso. Será que Bea é a garota de Toph ou a boa menina que sua mãe espera que ela seja? Ou será esse o verão mágico em que Bea finalmente torna-se dona do próprio nariz?"

Não vou mentir que a primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi a sua capa maravilhosa, e por causa dela desejei tê-lo em minha estante mesmo antes de ler a sua sinopse.
Já tive a oportunidade de ler 3 livros da Sarra Manning anteriormente (dois da série Fashionistas e Adoráveis) e gosto muito da sua escrita leve, fluida e rápida de se acompanhar.
Em Onde deixarei meu coração acompanhamos a história de Bea, uma jovem de 17 anos toda certinha que leva uma vida comum em Londres ao lado da mãe e do padrasto.
Porém, algo muito estranho acontece quando Ruby, a garota mais popular do colégio a convida para fazer parte do seu grupo e parece fazer questão de sua amizade.

"Não quero beijar garotos estranhos em quartos estranhos - discursei. - Eu quero romance. Quero ser louca por um garoto e que ele seja louco por mim também, assim, mesmo que a gente acabe cometendo um erro, ele não me abandone num piscar de olhos. Mas romance parece estar tão fora de moda quanto usar vestidos da Primark."

Apesar de ter me identificado com Bea e com os dilemas que ela passa no início do livro, já que assim como ela, eu não tinha muitos amigos e sempre fui considerada a certinha e careta da turma, o começo da leitura foi bem lento e chato de acompanhar.
Até a página 100 a narrativa não fluía e estava tão arrastada que quase abandonei a leitura, mas felizmente  depois disso a história teve uma virada surpreendente que me fez mudar de ideia.
Após ser humilhada por suas novas amigas durante as férias na Espanha ela não resiste ao impulso de comprar uma passagem de trem para Paris e finalmente ter a oportunidade de correr atrás do seu sonho.
Bea sempre foi apaixonada por Paris e sonha em viajar para o país a procura de seu pai Francês que ela nunca conheceu.


"Eu estava vivendo aquela vida agora e tinha várias histórias engraçadas, de dormir em trens e aprender a fazer massa para carolinas sob o olhar atento de um tirânico chef de doces. E o tempo todo Toph estava lá com sorrisos encorajadores e um roçar no meu joelho quando eu dizia algo especialmente divertido."


Com toques de humor e um cenário extremamente bem descrito e encantador,  toda a fofura típica da autora em seus outros livros, também se fez presente neste, me fazendo suspirar em várias páginas.
Durante a leitura me conectei tanto com a história que por algumas vezes senti como se estivesse viajando junto com a personagem e conhecendo todos os lugares e costumes das cidades da Europa que ela conheceu.
Os personagens secundários que surgem na história também são bem interessantes e ajudam bastante a melhor o desenvolvimento da história.
Se você adora um romance leve e fofo e for apostar nesta leitura tenha em mente que mesmo que não goste do inicio, você com certeza irá se apaixonar pelo final.
 

20 novembro 2014

Os vestidos de Jennifer Lawrence

3

Desde que chamou a atenção do mundo ao interpretar Katniss em Jogos Vorazes a atriz Jennifer Lawrence não sai mais do tapete vermelho e se tornou uma das famosas mais badaladas de Hollywood.
Os seus vestidos sempre chamam a atenção nas premiações e premieres em que ela aparece dando sempre o que falar. 
Reuni nesse post alguns deles, vejam só:


Apesar de algumas vezes errar feito em suas escolhas, eu aprovo a grande maioria dos vestidos escolhidos pela atriz.
E vocês, o que acham?

16 novembro 2014

Amigo Secreto e Troquinhas 2014!

1 comentários
O Natal é disparado a época do ano que eu mais gosto e além de se empenhar na decoração da casa e nos preparativos para a data, eu adoro participar das brincadeiras que são organizadas no final do ano.
Este ano, por enquanto, estou participando de um amigo secreto e duas troquinhas.


O blog Confissões Femininas está organizando um amigo secreto entre blogs literários e assim que vi o anúncio não pude deixar de entrar na brincadeira. 
O presente será um livro de até R$30,00 e a brincadeira está sendo organizada pelo site http://www.amigosecreto.com.br
E o mais legal da brincadeira é poder conhecer blogs novos e fazer novas amizades.
Veja quem está participando:

A Lua na Minha Janelahttps://aluanaminhajanela.blogspot.com.br
Nefelibattahttp://nefelibatta.blogspot.com.br/
Apenas um víciowww.apenasumvicio.com
Minhas Escriturashttp://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/
I LOVE MY BOOKShttp://lovereadmybooks.blogspot.com.br
Vício em Livroswww.vicioemlivros.com
Leituras & Loucuraswww.leituraseloucuras.com.br
ABCD dos Livroshttp://abcddolivro.blogspot.com.br/
Eu + Livroswww.eumaislivros.com.br
Em Sintonia com os Livroshttp://emsintoniacomoslivros.blogspot.com.br/
Leitora Fashionhttp://www.leitorafashion.com.br
As Leituras da Milawww.asleiturasdamila.blogspot.com.br
Papiro Digitalhttp://papirodigital.com/
Stuck on Themhttp://stuckonthem.com/
Confissões Femininas...http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/


Além do amigo secreto literário, também estou participando de uma troquinha de Natal organizada pelo blog Sally Artes.
Na troquinha todos os participantes são divididos em duplas e cada dupla deve trocar materiais de artesanato e mimos entre sim.
A minha minha dupla é a Juliana, dona do blog, e essa semana mesmo já irei começar a preparar os presentes que enviarei para ela.


Outra troquinha de Natal que estou participando é do blog Coisinhas da Dri.
Ela segue o mesmo estilo da anterior, porém os mimos enviados dessa vez são voltados ao tema natalino.
A minha dupla nessa troquinha é a Lin Sousa que tem um blog pessoal bem legal, onde além de artesanato posta um pouco do seu dia a dia e dos seus gostos. 
 

Se estiver organizando ou souber de mais brincadeiras natalinas como estas é só me avisar que com certeza irei adorar participar.

12 novembro 2014

[Resenha] A Promessa

3
Livro: A Promessa
Autores: M. PATTAL
Editora: Ases da Literatura     

Sinopse:
"Promessas são feitas para serem cumpridas. Pelo menos era assim que Polly pensava em sua adolescência quando fez uma promessa que não conseguiu manter, principalmente após ocorrer uma tragédia em sua família a qual ela culpa o pai de ser o responsável. E tudo piora quando ele decide abandonar o lar deixando-a para trás, o que faz surgir no coração de Polly um ódio mortal. Na companhia de sua mãe, Angela, Polly consegue uma virada em sua vida, tornando-se uma estrela pop, através de um sucesso repentino ao ser descoberta em um Reality Show musical. Mas apesar da fama e do sucesso, as coisas não vão bem em sua vida pessoal, discussões constantes com a mãe e seu namoro com Renan que parece estar perto do fim, ainda mais quando ela conhece Max, um jogador de futebol que começa a mexer com o seu coração. Conseguirá Polly perdoar o pai e se entender com sua mãe? Estará ela disposta a manter o seu namoro, mesmo parecendo estar por um fio? E o mais importante, será capaz de enfim cumprir A Promessa? Uma história de amor e redenção que nos fala sobre situações que enfrentamos, como culpa, medo, mágoa e nos mostra até que ponto somos capazes de perdoar, ser perdoados e cumprir as nossas promessas." 


Gosto muito de livros que tenham alguma ligação com a música e assim que vi a capa de A Promessa fiquei logo interessada por sua leitura.
O livro conta a história de Polly, uma garota que conquistou a fama após ganhar um reality show musical.
No auge de sua carreira e com muito dinheiro para realizar todos os seus gostos e desejos ela perdeu a fé após ser abandonada pelo pai alcoólatra quando ainda era criança. Por conta disso, sua mãe Angela morre de medo do que o sucesso e o estrelato podem fazer com a cabeça da filha.


"Pediu a Deus que lhe desse forças para lidar com as questões que afligiam o seu coração, o retorno de Sidney ao Brasil e a restauração do seu casamento, a reconciliação de Polly com o pai e a promessa que ela insistia em não cumprir, isso era o que mais trazia dor ao seu coração."

Polly sente que seu namoro com o fofo e compreensivo Renan está ficando cada vez mais desgastado e quando tentações acabam aparecendo pelo caminho ela tem que tomar decisões que podem afetar bastante o seu relacionamento.
Além disso, ela constantemente se sente atormentada por uma promessa que fez a alguns anos atrás e nunca cumpriu. 


"– Maldita promessa! – Pensou Polly. – Qual o problema de não cumpri-la? Todo mundo falha com suas promessas, por que eu não posso? Vou ter que carregar isso para o resto da vida? – perguntava-se a si mesma, ainda chorando."

Com uma história reflexiva, que fala sobre a fé, perdão e superação, o livro trás uma narrativa em terceira pessoa que intercala capítulos narrados por vários personagens que fazem parte da vida da garota, como a sua mãe, o empresário, o namorado e o pai.
Com romance, drama e um pouco de mistério a história é cheia de reviravoltas e conquista o leitor, apesar de sua leitura ser um pouco lenta em alguns momentos.
Recebi o livro autografado pelo autor e junto veio um CD que contem a música de maior sucesso de Polly, A Promessa, que foi composta pelo próprio autor do livro, M. Pattal.

 

10 novembro 2014

Fofura do Dia - Adesivos de Parede

1 comentários
Sempre fui bastante interessada por decoração e adoro ver as novidades que surgem por ai.
Os adesivos de parede não são uma novidades, pois viraram moda já tem alguns anos. Ainda sim não deixo de achá-los uma fofura e desejar ter vários espalhados pelos cômodos de casa.


Para usar esse tipo de decoração não há limites e nem padrões, sendo permitido ir até onde sua criatividade permitir.

06 novembro 2014

[Resenha] Para onde ela foi

1 comentários
Livro: Pra onde ela foi
Autores: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito     

Compre com Desconto: http://oferta.vc/5kL_
     
Sinopse:
"Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. 
Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce."


Se eu ficar, está figurando entre as listas de livros mais vendidos do país desde o seu lançamento, gerando opiniões bem controversas de seus leitores.
Enquanto alguns acabam se decepcionando durante a leitura, outros se envolvem completamente com o drama de Mia e marcam o livro como favorito.
Eu felizmente estou no time dos que se envolveram bastante com a história e fiquei bem curiosa por sua continuação.
Em “Para onde ela foi” temos a narrativa na visão de Adam (namorado de Mia) e  acompanhamos como anda sua vida três anos após o final do primeiro livro.
Após a sua recuperação, Mia misteriosamente abandonou Adam, foi morar em outro estado e nunca mais deu notícias.
Depois de sofrer muito e chegar ao fundo do poço por conta do término, Adam dá a volta por cima se tornando um astro de rock que carrega uma multidão de fãs enlouquecidas por onde passa e viaja o mundo em turnês com sua banda.

"Ela partiu para Juilliard no dia seguinte ao Dia do Trabalho. Eu a levei até o aeroporto. Ela me beijou ao se despedir e me disse que me amava mais do que a vida em si. Então partiu. Mia nunca mais voltou."

Apesar da fama e do dinheiro, Adam não é uma pessoa feliz e tem que viver a base de remédios e calmantes para conseguir controlar suas emoções e cumprir todos os seus compromissos com a banda sem arrumar confusão.
Quando o destino o faz parar em frente ao local onde Mia irá realizar um concerto em Nova York, ele não consegue resistir ao impulso de entrar e vê-la tocando novamente.
Esse reencontro trará a tona sentimentos nunca esquecidos e a chance de finalmente esclarecer o porquê ela o deixou.
De uma forma singela e intercalando acontecimentos do presente e do passado, a autora nos mostrou que essa continuação realmente foi necessária para finalizar a história de uma forma perfeita.
 
"Muitas das minhas fantasias envolvem as formas com as quais Mia me pede perdão. Desculpas por retribuir meu amor com a crueldade do seu silêncio. Por agir como se dois anos da vida - aqueles dois anos da nossa vida - não significassem nada.''
 
Adam é um personagem tão intenso e real, que me conquistou completamente com sua narrativa.
Durante a leitura foi impossível não se apaixonar por ele, se emocionar e sofrer ao saber tudo o que ele passou e enfrentou quando o grande amor de sua vida o abandonou.
Já tinha gostando bastante de Se eu ficar e posso dizer que gostei ainda mais de "Para onde ela foi".
Com uma história que fala sobre perdão, superação e a oportunidade que a vida as vezes nos dá de corrigir os erros do passado, o livro emociona e mostra como é possível construir uma linda história em dois livros que são bem diferentes um do outro e que se completam.