Image Map

02 julho 2015

[Nova Parceria] Editora Valentina

2

Em 2012 ainda no começo de vida da Editora Valentina no mercado editorial, o Leitora Fashion teve o prazer de ser um dos seus primeiros parceiros e agora quase 3 anos depois tenho a alegria de anunciar que fazemos parte novamente do time de blogs amigos da editora.



Mesmo durante o tempo em que não fui parceira da editora sempre fiz questão de acompanhar de perto o seu trabalho, lendo e resenhando alguns de seus lançamentos, e agora como blog amigo com certeza vocês verão ainda mais resenhas deles por aqui.




Sobre a editora:
"A busca por livros inesquecíveis e entretenimento de alta qualidade nos leva a prazerosamente garimpar pelo mundo, todos os dias, o melhor da literatura de entretenimento, sem preconceitos. E, para não ficar ninguém de fora, procuramos um mundo de temas: urban fantasy, distopia, paranormal, romances femininos, thriller, chick-lit, pets, religiosidade, biografia, bem-estar, steampunk... Sem esquecer, logicamente, os nossos xodós: romances que abordam a juventude contemporânea e ganham vida fora do livro - muitas vezes vão parar nas salas de aulas – com discussões fundamentais sobre os adolescentes, seus sonhos, seus medos, seus dramas e, principalmente, suas paixões.
É verdade, já deu para perceber, que a gente ama de paixão a literatura juvenil, mas nosso catálogo é eclético e moderno: tem diversão e cultura para quem está começando, aos 6 anos de idade, e também para quem já passou dos 100. Ah! E tem para quem quer chegar lá, certo? Tem tudo que, de alguma forma, faz da leitura um momento único e insubstituível.  Au-au, rrrrr, au-au-au, ou melhor, muito prazer, somos a VALENTINA".

Siga a Valentina nas mídias sociais: FACEBOOK  |  TWITTER | INSTAGRAN 

30 junho 2015

[Resenha] A Playlist de Hayden

1 comentários
Livro: A Playlist de Hayden
Autora: Michelle Falkoff
Editora: Novo Conceito

Compre com desconto: 
http://oferta.vc/a5Nf

Sinopse:

"Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que senteEnquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava."


Todos os livros que de alguma forma tenham ligação com a música sempre chamam a atenção e despertam rapidamente a minha curiosidade, obviamente com A Playlist de Hayden não foi diferente.
O livro é narrado por Sam, um garoto que acaba de encontrar o seu melhor amigo morto em seu quarto, um dia após ter brigado com ele em uma festa.
Hayden se suicidou e a única coisa que deixou para trás foi um bilhete escrito "Ouça. Você vai entender" junto com um pendrive que traz uma playlist de músicas.
Em meio a tristeza e a revolta, Sam decide ouvir todas as músicas milhares de vezes ao dia em busca de uma explicação que possa esclarecer o motivo do amigo ter decidido tirar a própria vida. 

''Fechei os punhos, afundando as unhas nas palmas das mãos, e tentei me acalmar. Eu havia passado os últimos dias alternando o ódio por Hayden com a saudade, me sentindo culpado e deprimido, sem saber como deveria me sentir, mas desejando me sentir de alguma forma diferente. ''

A playlist é uma grande mistura que vai desde os sons dramáticos e depressivos até os mais românticos, e uma a uma elas são apresentadas ao leitor no começo de cada novo capítulo. Durante a leitura experimentei ouvir as músicas ao mesmo tempo em que elas apareciam no livro, através do site especial que a Novo Conceito disponibilizou aos leitores, e posso dizer que essa experiência fez toda a diferença e me ajudou a embarcar um pouco mais na história.  
Ouvir cada música "junto" com Sam me aproximou mais do personagem, fazendo com que eu me envolve facilmente com os seus dramas e dilemas.  

"Se havia alguma coisa que eu aprendera com a playlist, é que ouvir as pessoas pode ser importante."

Um enredo que fala sobre bullying, preconceito e perdas de uma forma sutil e leve nos fazendo refletir como em nosso dia a dia o assunto muitas vezes é encarado como brincadeira por quem pratica e por quem sofre, porém lá no fundo esta brincadeira sempre causa consequências muito mais sérias do que realmente aparenta.
Hayden sempre falava em formas diferentes de se matar e tirava sarro do assunto, mas como Sam poderia perceber que o que para ele parecia uma simples brincadeira, um dia iria se tornar realidade? 
Apesar de ter gostado muito deste lado reflexivo da história e ter me apegado aos seus personagens, confesso que minhas expectativas para esta leitura estava um pouco altas demais e por isso acabei me decepcionando.
Acredito que infelizmente a autora se perdeu em alguns momentos e isso acabou deixando a leitura um pouco monótona e lenta. 
Alguns assuntos que poderiam ser mais explorados acabaram sendo esquecidos ao longo da narrativa e com isso ficaram sem uma conclusão. 
Ainda sim considero o livro uma boa leitura para quem gosta do gênero. 

25 junho 2015

Vem novidades por ai!

0

Vocês que sempre visitam o Leitora Fashion devem ter notado que as coisas andam bem paradas por aqui não é mesmo?
Mas não se assustem,isso não é sinal de abandono e sim de mudanças.

Estou preparando muitas novidades para vocês.
Em breve o blog terá um layout responsivo e poderá ser acessado lindamente não somente do computador como de tablets e celulares.
Além disso também virão muitas novidades em nosso canal no youtube, estou trabalhando para melhorar a qualidade e o conteúdo dos vídeos e a partir de Julho irão aparecer vídeos bem legais por lá. 
Por isso se você ainda não é inscrito em nosso canal, corra e se inscreva:




Aproveito o post também, para deixar aberta a participação de vocês nessa nova etapa do Leitora Fashion.
Caso tenham sugestões de colunas, vídeos e coisas diferentes que gostariam de ver aqui ou no canal basta deixar nos comentários. 
Está tudo sendo feito com muito carinho, espero que você gostem. 

18 junho 2015

[Resenha + Sorteio] Uma curva no tempo

14
Livro: Uma curva no tempo
Autora: Dani Atkins
Editora: Arqueiro

Compre com desconto: 
http://oferta.vc/8I@M

Sinopse:

"A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?  A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?"


Existem livros que não podemos revelar muito a respeito de suas histórias, pois o leitor terá a melhor experiência de leitura se surpreendendo a cada página lida e Uma curva no tempo certamente é um deles.
Há cinco anos Rachel Wiltshire perdeu a alegria e a vontade de viver, ao ver o seu melhor amigo dar a vida para salvá-la em um acidente.
Após a morte de Jimmy ela deixou de ser a garota popular que vivia rodeada de amigos, tinha um namorado perfeito e um futuro brilhante pela frente e passou a ser uma mulher solitária, que se acomodou em um emprego sem graça e foge desesperadamente de seu passado.
Quando é convidada para voltar a sua cidade natal para participar do casamento de sua melhor amiga Sarah, a única pessoa de lá com quem ainda mantém contato, Rachel não consegue recusar o convite e se vê obrigada a lidar com os seus maiores medos e angustias.    

"Na época, a ideia de voltar a Great Bishopsford parecera algo abstrato, que aconteceria muito no futuro, e eu não precisava pensar nisso de fato. Mas agora, faltando apenas dois dias, em meu minúsculo apartamento com a maleta aberta diante de mim, eu não sabia por que acreditava que seria forte o bastante para fazer isso. Para voltar." 

Nessa volta de Rachel à sua cidade o leitor também terá grandes surpresas, já que logo após a despedida de solteira de Sarah somos apresentados a uma segunda versão dos últimos cinco anos da vida dela, uma versão que ela mesma não conhece e se recusa a acreditar que seja verdadeira.
Com uma escrita simples, mas também bem intensa e emocionante fica impossível não se envolver facilmente com o drama da personagem e tentar descobrir junto com ela todos os mistérios que cercam a sua vida.
A narrativa feita em primeira pessoa é bem fluida, nós prende do inicio ao fim e também emociona bastante.
Por alguns momentos a história pode até parecer previsível, mas a forma com que tudo foi desenvolvido acaba sendo surpreendente e marcante.


"Não tenho certeza do que estava procurando: seria uma prova definitiva de que todo aquele mundo ao meu redor era falso, ou evidências que provassem que, inacreditavelmente, tudo podia ser real?"

Dani Atkins provou que é possível fazer uma história envolvente e muito bem desenvolvida em menos de 300 páginas.
Trazendo um enredo encantador e sutil, Uma curva no tempo está entre as minhas melhores leituras do ano e daria um filme maravilhoso caso um dia fosse adaptado para o cinema. Uma leitura mais do que indicada para quem gosta de se emocionar com um bom romance. 
Desejo em breve poder ler outros livros escritos pela autora, pois com este ela já ganhou completamente o meu coração.  


_____________________________

Sorteio

a Rafflecopter giveaway

16 junho 2015

Gargantilha dos anos 90 volta a moda.

2

Se você assim como eu, também passou a sua infância e adolescência nos anos 90, com certeza já viu ou até mesmo usou muito uma gargantilha preta semelhante a essa da foto acima, não é mesmo?


Após quase 20 anos a tattoo choker (gargantilha de tatuagem) está novamente na moda e acessório que já apareceu nos principais desfiles da temporada de primavera-verão 2015 do final do ano passado agora também está ganhando as ruas
Um acessório simples, feito de plástico, bem justa no pescoço e com desenho tribal que promete dar um charme a mais em qualquer visual.  
Kylie Jenner, a irmã mais nova da Kim Kardashian, sempre usa em seus looks e além dela, Katy Perry, Selena Gomez e Emma Roberts também já apareceram usando.


Me lembro que na minha época de escola além da gargantilha também era moda o anel e a pulseira do mesmo estilo e material, e provavelmente eu ainda tenha alguma delas perdida no fundo do armário.
Agora que voltou a merda, quem sabe não crio coragem e dou uma desenterrada no acessório não é mesmo?

07 junho 2015

[Resenha] A Herdeira

0
Livro: A Herdeira
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte

Compre com desconto: 
http://oferta.vc/7ZhH

Sinopse:

Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.


Apesar de não ser muito fã de séries muito longas, confesso que quando Kiera Cass anunciou que teríamos mais livros ambientados no universo de A Seleção eu fiquei bem animada e feliz com a notícia. 
A Herdeira se passa 20 anos após o final de A Escolha e dessa vez temos como protagonista, Eadlyn, uma das filhas de Maxon e América. 
Eadlyn nasceu apenas 7 minutos antes de seu irmão gêmeo Ahren e por isso está destinada a ser a próxima rainha, e a primeira mulher a assumir o trono de Illéa.
Apesar do fim do sistema de castas e do país ter vivido em relativa paz nos últimos anos, algumas rebeliões violentas estão surgindo e assustando a todos.
Enquanto ganha tempo para descobrir como conte-las, Maxon precisa encontrar uma distração para a população e para isso nada melhor do que uma nova seleção não é mesmo?  

"Afinal, quem eu era? Metade de uma dupla de gêmeos. Herdeira de um trono. Uma das pessoas mais poderosas do mundo. A maior distração do país."

Por conta da pressão de ser a próxima rainha, Eadlyn sempre foi uma adolescente um pouco fria e distante que diferente das outras garotas da sua idade não sonha em encontrar o grande amor da sua vida e nem pensa em namoros.
Acima de tudo o seu desejo sempre foi poder provar a todos que é possível governar o país sozinha e que para isso ela não precisava ter um homem ao seu lado.
Apesar de ser totalmente contra participar de uma seleção e de acreditar que é impossível se apaixonar por qualquer um dos candidatos ela não vê outra opção se não aceitar a proposta do pai.

"– Eadlyn, por que você não tira um tempo para pensar melhor? – meu pai propôs calmamente. – Sei que estamos lhe pedindo muito.– Isso quer dizer que tenho opção?Papai respirou fundo, pensativo, antes de falar:– Bem, meu amor, na verdade você terá trinta e cinco opções."

Diferente do que aconteceu durante a trilogia A Seleção, vemos que dessa vez os candidatos são mais unidos e não existe tanta rivalidade entre eles. Até encontros coletivos são marcados com a princesa na tentativa de ter um tempinho extra para ganhar o seu coração. 
Gostei bastante de vários candidatos, porém nenhum deles ainda conquistou completamente o meu coração a ponto de torcer por ele.
Foi um pouco estranho e ao mesmo tempo muito bom poder ver como está o casamento de América e Maxon depois de tantos anos e conhecer os seus filhos fofos e encantadores. 
Durante a história eu acho que o romance acabou ficando um pouco em segundo plano dando mais espaço a confusão dos sentimentos de Eadlyn e ao amadurecimento da personagem, que sempre foi um pouco egoísta e nunca ganhou a simpatia e o amor do povo de Illéa como a sua mãe. 
Fiquei bem curiosa para saber como a autora irá conduzir a história no próximo livro e qual será o desfecho dessa seleção, que diferentemente da de Maxon ainda tem algumas opções bem interessantes em aberto que podem deixar o seu final imprevisível. 

04 junho 2015

5 dicas para manter o cabelo forte

0
Alguns hábitos do nosso dia a dia podem parecer inofensivos, mas enfraquecem os fios. Veja como contornar essa situação:



1. Prefira usar o cabelo solto e abra mão dos elásticos sempre que possível, porque eles tracionam a fibra capilar e acabam provocando a queda.

2. Se você tem cabelo oleoso assim como eu, você pode lavá-lo diariamente. Mas nada de esfregar o couro cabeludo com as unhas durante a lavagem. Massageie com as pontas dos dedos e evite ao máximo o uso do condicionador.


3. Após o banho sempre retire o excesso de umidade apertando o cabelo com uma toalha, sem esfregar.

4. Escove bem o cabelo antes de dormir. Esse hábito melhora a irrigação sanguínea e favorece a distribuição dos nutrientes ao couro cabeludo.


5. Troque os pentes de plástico, pelos de madeira, com dentes largos. Já as escovas devem ser macias e com bolinhas na pontas das cerdas, para evitar agressões aos fios.
 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com