Image Map

30 março 2015

[Resenha] Fingindo

Livro: Fingindo
Autora: Cora Carmack 
Editora: Novo Conceito

Compre com desconto: 
http://oferta.vc/70Ph

Sinopse:
"Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.

Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.
Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.
Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você."


Este é um daqueles livros que a principio você não dá nada por ele, mas que no decorrer da leitura ele acaba te surpreendendo bastante.
Se você leu Perdendo-Me, primeiro livro desta trilogia que foi lançado pela Novo Conceito no ano passado, com certeza deve se lembrar de Cade Winston, um rapaz que apesar de não ter sido um dos protagonistas da história ganhou o seu destaque como o melhor amigo que sempre foi apaixonado pela protagonista Bliss.
Meses após levar um pé na bunda de Bliss e vê-la se apaixonando por um charmoso inglês, ele está disposto a tudo para finalmente superar essa paixão e seguir em frente, quando uma garota de cabelo vermelho cruza o seu caminho em uma cafeteria e pede que ele finja ser o seu namorado na frente dos pais dela.
Max é uma musicista descolada, que além de ser vocalista de uma banda de rock, trabalha todas as noites em um bar e tem o corpo repleto de tatuagens e pircings. Uma garota completamente diferente do que seus pais conservadores acreditam que ela seja.

"Nunca tinha saído com uma garota como ela, e provavelmente ela nunca saiu com um cara como eu. Mas às vezes você não sabe o que está buscando até que é golpeado em cheio nas costas."

Como ator, Cade decide aceitar esse estranho pedido e também aproveita a chance para solicitar como pagamento um encontro de verdade com Max, já que a garota apesar de não fazer o seu tipo chamou bastante a sua atenção.
Os dois têm estilos de vida completamente opostos e parecem pertencer a mundos diferentes, mas é claro que isso não impede que uma forte atração surja entre eles.
Com muito bom humor, romantismo e um pouco de mistério e drama, a história entre eles vai se desenvolvendo de uma forma cativante e envolvente.
Além da história de amor entre os personagens o livro também aborda questões familiares muito comuns no cotidiano de várias famílias e fala sobre perda e superação de uma forma muito bonita. 

"Viver é difícil. E todos os dias os nossos ombros pesam mais e nós acumulamos mais bagagem. Assim, paramos e respiramos fundo, fechamos os olhos, apagamos a mente. É natural. Desde que você abra os olhos e siga em frente."

Max apesar de um pouco insegura em alguns momentos, é uma personagem bem forte e decidida e não é cheia de mimimi e lamentações.  
Já Cade é mais um que entra para a lista dos mocinhos apaixonantes que ganham facilmente o nosso coração.
Fingindo é narrado em primeira pessoa por ambos e possui capítulos intercalando as visões de Cade e Max, o que o torna mais interessante que o primeiro, já que por alguns momentos foi um pouco irritante termos somente a narrativa de Bliss em Perdendo-me.
As histórias se completam, porém se você não leu o primeiro livro pode ler esse sem problema nenhum, já que se trata de histórias e protagonistas diferentes.
Li suas 336 páginas em apenas um dia e agora posso dizer que Cora Carmak me conquistou de vez e que estou bem ansiosa para ler o seu próximo livro. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com