Categorias:


Apesar de morar relativamente perto de um parque aquático aqui no Brasil, nunca havia ido em um e minha primeira experiência acabou sendo em grande estilo. 
Em Setembro de 2018 conheci o Volcano Bay, o parque aquático que faz parte do complexo Universal Orlando Resort em Orlando na Flórida.
Acabei visitando o parque não somente uma única vez, como duas vezes e irei contar um pouquinho das minhas visitas aqui neste post.

O parque tem como tema as ilhas do pacífico e assim que entramos no local já logo damos de cara com um grande vulcão que é como um marco central do local. É tão grande que inclusive é visto de longe, de fora do parque, quando você está chegando a Orlando.
O vulcão, que fica bem no centro de uma enorme e deliciosa piscina de ondas, abriga um dos maiores brinquedos do parque, o Ko’okiri Body Plunge que é um escorregador com queda única de 70º, numa altura de 38 metros que parte do topo do vulcão, é como uma cápsula em que você entra, apoia as costas, o chão se abre e você despenca.
Como eu não sei nadar e também sou bem medrosa não tive coragem de encarar a atração em nenhuma das minhas visitas, mas foi bem legal ver o povo escorregando de lá de cima. 
O parque conta com um sistema de fila virtual para os brinquedos.
Assim que chegamos recebemos a Tapu Tapu, uma pulseira que permite que você entre virtualmente na fila das atrações em vez de ficar um tempão parado na fila esperando a sua vez.
Na minha primeira visita não foi necessário usá-la, pois o parque estava bem tranquilo e sem filas para os brinquedos.
Já na segunda visita o parque estava bem cheio e pudemos testar o sistema.
Basta você chegar na entrada do brinquedo que deseja ir e passar a sua pulseira em um totem que estiver indicando quantos minutos de fila tem a atração.
A partir dai a sua pulseira irá virar um relógio e vai começar a cronometrar quanto tempo falta para chegar a sua vez de usar o brinquedo e enquanto isso ao invés de ficar na fila esperando você pode ficar aproveitando as piscinas do parque normalmente. 
O Volcano Bay também conta com uma enorme área feita especialmente para crianças, a Runamukka Reef, que conta com vários toboáguas menores e bem coloridos com esguichos de água por todos os lados. 
Gostamos bastante de ficar nesta área e acabamos optando por deixar as nossas coisas em uma das cadeiras de praia do local enquanto íamos nos outros brinquedos do parque.
Entre os brinquedos que curti estava o Honu ika Moana, que são dois escorregadores Honu (azul) e Moana (verde) com curvas rápidas e bem radicais onde você desce sentado em uma boia gigante que cabe até 5 pessoas. 
Kopiko Wai Winding River que é um rio de correnteza onde você vai em cima de um boia individual passeando pelo parque.
No Taniwha Tubes fomos em dois tobogãs bem legais com boias que só cabem 2 pessoas. 
Para almoçar fugimos do restaurante do local e optamos por cachorro-quente e pizza, que apesar de simples estavam muito gostosos.
E de sobremesa encarei um sorvete gigante e todo colorido que infelizmente nem deu tempo de tirar foto, pois estava derretendo muito rápido..rsrs
No meu primeiro dia de visita ao parque estava um calor de quase 40º em pleno Outono na Flórida e por isso foi um dia muito gostoso e aproveitamos ao máximo cada segundo até o parque fechar.
Já na segunda visita o tempo estava mais fechado, choveu várias vezes e a água das piscinas estava bem fria o que impossibilitou de curtimos tanto. Optamos até por ir embora mais cedo. 
Apesar de não ter aproveitando tanto da segunda vez eu gostei muito de ambas as visitas e sem dúvidas nenhuma gostaria de voltar ao Volcano Bay um dia.
Se você estiver em Orlando em uma época de calor não pense duas vezes ao incluir o parque no seu roteiro de visitas. 

Acompanhe mais postagens sobre a minha viagem aos EUA:





Deixe um comentário