Image Map

29 junho 2016

[Resenha] A Indomável Sofia

0
Livro: A Indomável Sofia
Autora: Georgette Heyer
Editora: Record

Compre com desconto: http://oferta.vc/sm6y

Sinopse:

"Sofia Stanton-Lacy é alegre, impulsiva e de uma franqueza desconcertante, características que não combinam com o que se espera de uma mulher em sua posição na sociedade londrina do início do século XIX. Educada durante as viagens de seu pai, órfã de mãe, ela chega à casa de sua tia em Berkeley Square para derrubar as convenções e surpreender a todos com seus modos independentes e sua língua afiada. E Sophy parece ter chegado no momento certo: seus primos estão com muitos problemas. O tirânico Charles está noivo de uma jovem tão maçante quanto ele, já Cecilia está apaixonada por um poeta, e Hubert tem sérios problemas financeiros. A prima recém-chegada decide então ajudar a todos com sua determinação e impetuosidade, e acaba enfrentando agiotas, roubando os cavalos de seu primo e atirando de raspão em um honrado cavalheiro. Embora sejam sempre mirabolantes e arriscados, seus planos sempre dão certo e tudo parece estar sob seu controle. O que ela não espera, porém, é que seu primo Charles, que aparentemente não vê a hora de arrumar um marido para ela, de repente passa a enxergá-la com outros olhos..."

Originalmente publicado em 1950, o romance A Indomável Sofia ganhou recentemente uma nova edição pela editora Record e nos apresenta a história de Sofia, uma garota de vinte anos que perdeu a mãe quando ainda era criança e foi criada pelo pai que adora viajar pelo mundo a fora.
Um certo dia, quando o pai de Sofia precisava viajar ao Brasil, decide deixar a filha hospedada alguns dias na casa da irmã e pede que Lady Ombersley ajude Sofia a encontrar o marido ideal. 
Porém Lady Ombersley não conhece a sobrinha e imagina que a sua chegada será a solução para seus problemas, uma vez que ela seria uma ótima companhia para sua filha Cecília, que para o desespero da família está querendo se casar com um jovem poeta que não possui títulos nem poses. 
Mas ao invés de ser a solução, Sophy pode ser a causa de novos problemas e quando finalmente chega à pacata cidade de Berkeley Square, surpreende a todos, uma vez que não é a garota meiga e delicada que todos imaginavam.

 “Prima, meu tio Horace nos informou que você era boazinha, que não nos causaria problemas. Está conosco menos da metade de um dia. Estremeço ao pensar na devastação que terá provocado no final de uma semana!”

Sofia tem a personalidade forte e não admite receber ordens de ninguém, seguindo sempre as suas próprias regras e agindo de acordo com seus impulsos e vontades sem se importar com a opinião e julgamento da sociedade.
Logo de cara ela bate de frente com Charles Rivenhall, seu primo tirano que deseja manter a família longe das confusões criadas por ela.
A relação de amor e ódio entre os dois e as constantes discussões por motivos bestas rendem cenas muito divertidas e contagiantes.
Os outros primos de Sophy também são presença constante na história, ajudando em sua construção e desenvolvimento.

" - Não creio que algum dia venha a aconselhar alguém a perder as esperanças, pois considero isso uma conduta covarde."

O livro trás uma linguagem mais formal e rebuscada e o estilo de escrita de Georgette Heyer já foi muitas vezes comparado ao de Jane Austen.
A narrativa é ágil e muito envolvente, capaz de nos transportar ao século XIX retratando em detalhes todos os costumes da sociedade londrina daquela época. 
De uma forma leve e divertida, o romance que é repleto de diálogos inteligentes, trás uma protagonista corajosa e totalmente a frente de seu tempo, bem diferente da grande maioria das protagonistas que são retratadas atualmente em livros do gênero.
Sem cenas quentes e abusando do bom humor, A Indomável Sofia é indicado a todos os leitores, principalmente para aqueles que gostam de romances de época e clássicos.   

27 junho 2016

Esmalte da Semana - Debú Cremoso

0
Recebi da Celi Cosméticos alguns lançamentos da marca e obviamente não resisti a começar a usar e voltar a mostrar para vocês aqui no blog na coluna esmalte da semana. 
Lorena - Debú Cremoso

Este é o primeiro esmalte que utilizo desta marca e me surpreendi bastante com a sua qualidade da marca.
O esmalte é bem pigmentado e duas camadas bem leves já foram suficientes para cobrir as unhas com perfeição. Debú Cremoso é um rosa muito bonito que com certeza irei repetir muitas vezes. 

23 junho 2016

[Resenha] The Kiss Of Deception

1 comentários
Livro: The Kiss of Deception
Autora: Mary E. Pearson
Editora: Darkside

Compre com desconto: http://oferta.vc/sejy

Sinopse:

"Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?  Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor."

A Darkside sempre foi reconhecida por suas edições de luxo de livros de terror e suspense, porém agora através de seu novo selo intitulado Dark Love a editora também tem investido bastante em livros de outros gêneros, como romance e steampunk.
Quando vi pela primeira vez a capa de The Kiss Of Deception foi amor à primeira vista, foi impossível não desejar esse livro antes mesmo de ler a sua sinopse.
Lia é uma princesa que desde o nascimento foi prometida em casamento para o príncipe de um reino rival, uma união que prometia selar a paz entre os dois reinos.
A garota, que é considerada a primeira filha da casa Morrighan, nunca quis ser princesa e fica perturbada só em pensar em ter um casamento arranjado com alguém que ela não conhece pessoalmente e imagina ser velho demais para ela.
No dia da cerimônia, sonhando com sua liberdade, ela decide fugir do castelo na companhia de sua melhor amiga Pauline.
Na pequena vila de Terravin ela começa uma nova vida onde poderá tomar as suas próprias decisões e terá que trabalhar duro para conseguir tudo o que deseja longe das regalias que tinha no castelo.

"Embora eu tivesse adquirido habilidade de varrer com grande facilidade, outras tarefas se mostraram mais desafiadoras. Eu tinha visto moças na cidadela virando os barris de lavar roupa com apenas uma das mãos. Achei que fosse uma tarefa fácil. Na primeira vez que tentei, girei o barril e acabei ficando com a cara cheia de água suja com sabão, porque tinha me esquecido de prender o ferrolho. Pauline fez o melhor que pôde para suprimir uma gargalhada."

O que Lia nem imagina é que dois homens estão a sua procura, o príncipe que ela abandonou no altar e um assassino que foi contratado para matá-la.
Uma noite enquanto serve mesas na taverna em que está trabalhando ela conhece Kaden e Rafe e rapidamente uma amizade vai surgindo entre eles. Mas qual deles será que é o príncipe, e qual é o assassino?
Em uma sacada genial da autora, assim como Lia, o leitor também passa grande parte da história sem saber quem é quem, já que temos alguns capítulos narrados por Rafe e Kaden e outros narrados pelo príncipe e pelo assassino sem citar nomes.
Durante toda a leitura vivi um conflito de emoções por não saber se estava torcendo pelo cara certo ou o errado, já que as aparências muitas vezes nos enganam.
Confesso que muitas vezes mudei de opinião sobre os personagens e só descobri a verdadeira identidade de cada um deles perto de sua revelação, apesar da autora ter dado algumas pequenas dicas durante toda a narrativa.

“Meu vestido flutuava através atrás de mim, agora casando-me com uma vida de incertezas, mas que me assustava bem menos do que a vida é cheia de certezas que eu tinha encarado . Agora, essa vida era um sonho criado por mim mesma, na qual o único limite para minha imaginação. Era uma vida comandada por mim, apenas por mim.”

Mary E. Pearson conseguiu construir uma história original, envolvente e encantadora.
Os personagens são muito bem construídos e todos tem muita importância no desenvolvimento da história que nos faz rever os nossos conceitos e deixar os pré-julgamentos e esteriótipos de lado.
Misturando romance e um pouco de fantasia, essa narrativa misteriosa que intercala diferentes pontos de vista deu um charme especial ao livro, fazendo com a sua leitura fosse rápida, fluida e muito prazerosa.
The Kiss of Deception é apenas o primeiro volume de uma trilogia e já estou extremamente ansiosa por sua continuação.
A edição da Darkside como sempre é um show a parte, um livro de capa dura, perfeito em cada detalhe e que ainda acompanha pôster e marcador. 

20 junho 2016

Impala lança linha de esmaltes em spray!

1 comentários
No final do ano passado contei aqui que o inovador esmalte spray foi lançado nos EUA e estava dando o que falar.
Meses depois finalmente chegou a vez das marcas nacionais investirem nessa praticidade. A Impala, sempre atenta às tendências, inspirou-se na rotina das mulheres modernas para trazer ao mercado o Impala Nail Spray.

O lançamento garante praticidade, secagem rápida e fácil aplicação. O esmalte spray é perfeito para as mulheres que gostam de fazer as próprias unhas ou até mesmo para aquelas que não têm tanta habilidade, mas que não abrem mão de unhas impecáveis.
Impala Nail Spray chega ao mercado com seis cores: preto, branco, prata, azul, roxo e pink. Cada tubinho possui 50 ml e rende quatro aplicações. E para garantir uma esmaltação perfeita e uniforme a Impala desenvolveu o 2 em 1 Base e Verniz, uma inovação que traz os benefícios da base e do verniz em um único produto.
A aplicação é simples e fácil e para remover o excesso do esmalte é só lavar as mãos com água e sabão.
Os itens serão comercializados em kits contendo, uma cor do esmalte spray e o 2 em 1 base e verniz.



Aplicação

1 - Aplique o 2 em 1 Base e Verniz sobre as unhas e aguarde a secagem;
2 - Agite bem o Nail Spray;
3 - Aplique o Nail Spray nas unhas a uma distância de 15 cm. Repita o procedimento até que as unhas fiquem completamente esmaltadas;
4 - Aguarde a secagem e finalize com a aplicação do 2 em 1 Base e Verniz;
5 - Após a secagem completa, lave as mãos com água e sabão para remover o excesso do esmalte.


Preço Médio Sugerido Kit Impala Nail Spray: (Spray + 2 em 1 Base e Verniz): R$ 27,90

17 junho 2016

[Resenha] Delícia, Delícia

0
Livro: Delícia, Delícia
Autora: Donna Kauffman
Editora: Valentina

Compre com desconto: http://oferta.vc/s97K

Sinopse:

"Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como Chef Hot Cakes, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes by The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar. É hora de praticar boloterapia!!!"

Nos últimos anos os reality shows culinários estão cada vez mais em evidência e por esse motivo todos os livros que possuem em seu enredo algo relacionado a esse tema também costumam chamar bastante a atenção.
Em Delícia, Delícia conhecemos Lani, uma talentosa confeiteira que abandonou o seu emprego em Nova York para abrir uma loja de cupcakes na pequena ilha de Sugarberry.
Buscando fugir de seu amor platônico, o renomado chef Baxter Dunne, ela estava vivendo tranquilamente quando recebe a notícia que Baxter está indo filmar alguns episódios de seu reality show culinário em Sugarberry.
Reencontrá-lo será como cutucar uma ferida que ainda está aberta e expor sentimentos que ela sempre se esforçou para esconder.

"Agora eu entendo. É uma droga ter precisado de um circo e um bando de confeiteiros alegres para isso... mas entendi. De verdade. Não é uma questão de desistir, mas de admitir que eu nunca deveria nem ter tentado."

O começo da narrativa é um pouco confuso e lento o que me fez demorar a entender o que realmente estava acontecendo na história, senti falta de alguns elementos iniciais que me aproximassem da protagonista e de seus conflitos.
Apesar de não ter me envolvido tanto com o tema central da história e com o romance desenvolvido durante o livro, gostei muito do Clube do Cupcake, um clube organizado por Lani onde um grupo de amigas se reúne em uma cozinha e fazem doces enquanto desabafam sobre os seus problemas. Uma iniciativa que juntou mulheres de diferentes gerações que tem em comum o amor pela culinária.  

" Você é como Nova York. Vibrante e divertido, mas no fim das contas suga minha energia.Você precisa de cada vez mais, e toma mais, e acha que está dando algo em troca porque é um cara legal, e que os outros se beneficiem das suas vontades. Mas não está me ouvindo. Eu não quero o que você quer me dar. Nem o programa nem nada disso Baxter, você acha que está me ajudando, mas tudo o que está fazendo com essa situação toda, enquanto está satisfazendo suas necessidades, é me sugando. Você não entende?"

Os personagens secundários são muito bem desenvolvidos e encantadores. Durante a leitura me imaginei tento uma vizinha bem humorada como a Sra. Alva ou uma melhor amiga intensa como Charlotte.
O livro vem com um bônus de duas receitas de cupcakes criados pela própria autora, Donna Kauffman. É impossível terminar a leitura e não ficar com vontade de comer um cupcake ou de até mesmo colocar a mão na massa e fazer um.
Delícia, Delícia trás uma história simples e leve, para ler sempre grandes expectativas.

11 junho 2016

Personagens da Disney em Hogwarts!

0

Você já imaginou o que aconteceria se as princesas e príncipes da Disney resolvessem estudar em Hogwarts?
Agora isso é possível graças ao artista americano Isaiah Stephens que criou ilustrações especiais para a revista Cosmopolitan inserindo os nossos amados personagens Disney no mundo de Harry Potter. 


Incrível não é mesmo?
Não sei nem escolher qual a minha ilustração preferida.

09 junho 2016

[Resenha] A História de Nós Dois

1 comentários

Livro: A História de Nós Dois
Autora: Dani Atkins
Editora: Arqueiro

Compre com desconto: http://oferta.vc/s378

Sinopse:

"Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada. Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela viajava explodisse. 

Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara a ponto de duvidar se deve se casar afinal. Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou... 
Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar?"

Uma Curva no Tempo foi um livro que me marcou bastante e assim que terminei a sua leitura fiquei com muita vontade de ler logo outros livros escritos pela mesma autora.
Em “A História de Nós Dois”, Dani Atikns nos apresenta a história de Emma, uma mulher que está voltando de sua despedida de solteira na companhia de suas duas melhores amigas, Amy e Caroline, quando sofre um terrível acidente de carro.
Amy, que estava sem cinto de segurança, é arremessada para fora do carro e Caroline consegue sair do veiculo logo em seguida para procurar a amiga. Já Emma fica presa nas ferragens e tem a sua vida salva por Jack, um homem que estava passando pelo local do acidente e consegue retirá-la do carro antes que ele exploda.

“Seria de esperar que algum sinal, qualquer que fosse, marcasse o dia em que sua vida irá mudar. Deveria haver sinos tocando. Talvez devesse haver relâmpagos e um ou dois trovões. Mas, quando olhei pela janela, tudo o que vi foi uma manhã de outono luminosa e folhas castanho- avermelhadas que, levantadas por uma brisa, flutuavam no ar como confetes cor de âmbar.”

Após a tragédia, Emma adia o casamento e vê a sua vida começar a ficar cada dia mais difícil uma vez que a sua mãe, que sofre de Alzheimer, passa a ter crises recorrentes. 
Uma aproximação com Jack também se torna algo inevitável já que os dois sentem uma enorme ligação desde o momento em que ele salvou sua vida. 
Confesso que triângulos amorosos e indecisão dos personagens nesse sentido sempre me irritam bastante durante uma leitura, porém o possível triangulo existente nessa história não me incomodou tanto quanto eu imaginei que incomodaria.  

"Havia uma resposta que eu agora estava pronta para dar e que meu coração martelava como uma ave engaiolada em meu peito todas as vezes que eu pensava nela."

A História de nós Dois não me ganhou tanto quanto Uma Curva no Tempo, que abusou da originalidade e emoção em sua narrativa, conquistou o meu coração e me levou as lágrimas em muitos momentos.
Neste segundo livro a autora trás um romance mais comum e previsível, mas mesmo assim muito bem escrito e desenvolvido. Apesar de existir um romance, acredito que a tragédia tornou-se o foco central do livro e o amadurecimento dos personagens ao longo da história foi muito claro trazendo uma bonita mensagem de superação e recomeço.
A autora possui mais um livro publicado lá fora e espero que ele também possa ser lançado em breve aqui no Brasil, pois sua escrita realmente é impecável e encantadora. 

07 junho 2016

Tá na Moda - Batom Matte com Efeito Metalizado!

0
Os batons líquidos matte vêm ganhando cada vez mais o coração e a preferência das mulheres pelo mundo todo, mas agora chegou à vez dos batons matte com efeito metalizado ganharem espaço e serem considerados a nova sensação do momento.
Assim como a versão original o batom ainda é matte, sem cremosidade e com acabamento seco. Entretanto o acabamento possui também uma aparência mais brilhante e metalizada.


Essa moda fez muito sucesso nos anos 90 e voltou com tudo com o impulso da cantora Rihanna que apareceu com um lindo batom metalizado da cor vinho em uma campanha da famosa marca Dior.
Como o batom metalizado já chama bastante atenção, o mais indicado é apostar em olhos mais neutros utilizando sombras mais claras que ajudem a equilibrar a maquiagem e não deixam aquele aspecto carregado demais.


Onde Comprar:

04 junho 2016

[Resenha] Uma História Incomum Sobre Livros e Magia

0
Livro: Uma História Incomum Sobre Livros e Magia
Autora: Lisa Papademetriou
Editora: Arqueiro

Compre com desconto: http://oferta.vc/r_si

Sinopse:

"Duas meninas encontram um livro mágico e cada uma se vê envolvida numa história que parece ser contada sozinha. Kai chega ao Texas para visitar sua tia-avó Lavinia – uma senhora extravagante, durona e fã de hip-hop. Do outro lado do mundo, no Paquistão, Leila deseja ser tratada como uma princesa pela família de seu pai e viver fortes emoções. Elas só não fazem ideia de que seus mundos completamente diferentes estão prestes a se chocar graças a um enigmático livro em branco. Quando Kai escreve no livro, suas palavras magicamente aparecem no exemplar de Leila. As meninas então percebem que O cadáver excêntrico reage a cada frase acrescentada – não importa se foi inspirada pelo ataque de um chihuahua ou por um mal-entendido com uma cabra – com um trecho da história de amor vivida por Ralph Flabbergast e Edwina Pickle mais de cinquenta anos antes."

Não posso negar que a primeira coisa que chamou a minha atenção neste livro foi a sua capa fofa e colorida, porém a sinopse diferente e instigante também despertou bastante curiosidade e vontade de apostar nessa leitura.
O livro é protagonizado por Kia e Leila, duas garotas que estão em lados opostos do mundo: Kia está visitando a sua tia avó no Texas e Leila está passando uns dias com a família de seu pai no Paquistão.
Durante essas viagens as duas encontram o mesmo livro, um exemplar misterioso que possui apenas algumas frases escritas e o restante de folhas em branco, como se estivesse desafiando o leitor a escrever a sua história.
Com o título de O cadáver Excêntrico, o livro sempre reage a cada nova frase escrita por elas e quando Kia escreve algo em seu livro, esse escrito aparece imediatamente no livro de Leila.
Além de ter a oportunidade de conversar através do livro, as duas garotas juntas começam a conhecer a mágica história de amor de Ralph e Edwina.

” Você está tentando me dizer alguma coisa? , escreveu ela. Fechou o livro. Contou até cinquenta. Então voltou a abri-lo e soltou um gemido. Uma nova frase havia aparecido: Eu pensei que você é que estava tentando me dizer alguma coisa“.

O romance de Ralph e Edwina que aconteceu há 50 anos tem a mesma pureza e leveza dos pensamentos e atitudes de Kia e Leila, nos mostrando o verdadeiro valor do amor e da amizade.  
Através dessa história a autora também nos permite conhecer um pouco mais de duas culturas diferentes e ver como duas crianças de doze anos se adaptam a elas.
Com um começo mais introdutório e lento, cheguei a achar que não gostaria muito dessa leitura, mas aos poucos ela foi me conquistando e mostrando o seu valor.
As duas protagonistas com personalidades completamente diferentes uma da outra de certa forma se completam e encantam com a doçura e leveza do começo de uma amizade na infância. 

 “Não sabia que, às vezes, encontrar um amigo de verdade pode nos fazer perceber melhor a solidão que há na nossa vida até aquele momento”.

Como o título mesmo já diz essa é uma história incomum e repleta de magia.
Com uma narrativa leve e descontraída o narrador além de nos apresentar as histórias das duas garotas também assume voz própria e durante os capítulos faz vários comentários em primeira pessoa sobre os principais acontecimentos da história.
Uma fantasia infanto-juvenil muito rápida e gostosa de acompanhar e que por muitas vezes nos faz imaginar que estamos lendo um conto de fadas.
Livro mais do que indicado para crianças de todas as idades.


 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com