Image Map

23 junho 2016

[Resenha] The Kiss Of Deception

Livro: The Kiss of Deception
Autora: Mary E. Pearson
Editora: Darkside

Compre com desconto: http://oferta.vc/sejy

Sinopse:

"Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?  Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor."

A Darkside sempre foi reconhecida por suas edições de luxo de livros de terror e suspense, porém agora através de seu novo selo intitulado Dark Love a editora também tem investido bastante em livros de outros gêneros, como romance e steampunk.
Quando vi pela primeira vez a capa de The Kiss Of Deception foi amor à primeira vista, foi impossível não desejar esse livro antes mesmo de ler a sua sinopse.
Lia é uma princesa que desde o nascimento foi prometida em casamento para o príncipe de um reino rival, uma união que prometia selar a paz entre os dois reinos.
A garota, que é considerada a primeira filha da casa Morrighan, nunca quis ser princesa e fica perturbada só em pensar em ter um casamento arranjado com alguém que ela não conhece pessoalmente e imagina ser velho demais para ela.
No dia da cerimônia, sonhando com sua liberdade, ela decide fugir do castelo na companhia de sua melhor amiga Pauline.
Na pequena vila de Terravin ela começa uma nova vida onde poderá tomar as suas próprias decisões e terá que trabalhar duro para conseguir tudo o que deseja longe das regalias que tinha no castelo.

"Embora eu tivesse adquirido habilidade de varrer com grande facilidade, outras tarefas se mostraram mais desafiadoras. Eu tinha visto moças na cidadela virando os barris de lavar roupa com apenas uma das mãos. Achei que fosse uma tarefa fácil. Na primeira vez que tentei, girei o barril e acabei ficando com a cara cheia de água suja com sabão, porque tinha me esquecido de prender o ferrolho. Pauline fez o melhor que pôde para suprimir uma gargalhada."

O que Lia nem imagina é que dois homens estão a sua procura, o príncipe que ela abandonou no altar e um assassino que foi contratado para matá-la.
Uma noite enquanto serve mesas na taverna em que está trabalhando ela conhece Kaden e Rafe e rapidamente uma amizade vai surgindo entre eles. Mas qual deles será que é o príncipe, e qual é o assassino?
Em uma sacada genial da autora, assim como Lia, o leitor também passa grande parte da história sem saber quem é quem, já que temos alguns capítulos narrados por Rafe e Kaden e outros narrados pelo príncipe e pelo assassino sem citar nomes.
Durante toda a leitura vivi um conflito de emoções por não saber se estava torcendo pelo cara certo ou o errado, já que as aparências muitas vezes nos enganam.
Confesso que muitas vezes mudei de opinião sobre os personagens e só descobri a verdadeira identidade de cada um deles perto de sua revelação, apesar da autora ter dado algumas pequenas dicas durante toda a narrativa.

“Meu vestido flutuava através atrás de mim, agora casando-me com uma vida de incertezas, mas que me assustava bem menos do que a vida é cheia de certezas que eu tinha encarado . Agora, essa vida era um sonho criado por mim mesma, na qual o único limite para minha imaginação. Era uma vida comandada por mim, apenas por mim.”

Mary E. Pearson conseguiu construir uma história original, envolvente e encantadora.
Os personagens são muito bem construídos e todos tem muita importância no desenvolvimento da história que nos faz rever os nossos conceitos e deixar os pré-julgamentos e esteriótipos de lado.
Misturando romance e um pouco de fantasia, essa narrativa misteriosa que intercala diferentes pontos de vista deu um charme especial ao livro, fazendo com a sua leitura fosse rápida, fluida e muito prazerosa.
The Kiss of Deception é apenas o primeiro volume de uma trilogia e já estou extremamente ansiosa por sua continuação.
A edição da Darkside como sempre é um show a parte, um livro de capa dura, perfeito em cada detalhe e que ainda acompanha pôster e marcador. 

1 comentários:

  1. EEEEiiiii, comprei e estou esperando chegar!!
    Own! Achei lindo!! Que bom que gostou. Pelo jeito vou curtir também :)

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com