Image Map

27 setembro 2013

Make poderosa para o fim de semana

4

O final de semana para alguns é sinônimo de descanso e para outros de curtição, por isso a dica de hoje vai especialmente para quem se encaixa nesse segundo grupo e adora sair para curtir a noite seja com os amigos ou com o namorado.

Para quem procura uma make poderosa e ao mesmo tempo fácil de fazer está ai o bom e velho conhecido olho de gatinho.
É só pegar um bom lápis preto, seguir o desenho acima e depois esfumar em volta com uma sombra escura e pronto.
Para completar a produção eu aconselho um batom claro e um blush pêssego exatamente como o exemplo da foto acima, já se você é daquelas que prefere as cores mais chamativas também pode usar sem medo, pois na hora de se maquiar a escolha sempre depende da sua personalidade, do seu gosto pessoal e da roupa que irá utilizar na ocasião.


Aproveite a dica e curta muito o seu final de semana.

26 setembro 2013

[Resenha] A outra vida - Susanne W.

3
Livro: A Outra Vida
Autora: Susanne Winnacker
Editora: Novo Conceito

Sinopse:
"O mundo de Sherry — de uma hora para outra — mudou completamente. Por causa de um vírus muito contagioso, as pessoas que ela costumava conhecer, e quase todas as pessoas de sua cidade, Los Angeles, na Califórnia, se transformaram em mutantes assustadores. Esses mutantes têm uma força excessiva, são ágeis, o corpo é coberto de pelos, eles lacrimejam um líquido imundo e… comem gente! Portanto, não há muito o que fazer — talvez tentar fugir — quando se encontra algum deles. A não ser que você tenha ao seu lado a força e a determinação de um jovem como Joshua. Joshua perdeu uma irmã para os mutantes e sua raiva é tão grande que ele seria capaz de vingar todos aqueles que perderam alguém para as criaturas. No entanto, para que esta revanche aconteça, é preciso prudência. Afinal, até que ponto a disseminação deste vírus foi uma coisa realmente natural? Que poderosos interesses estão por trás desta devastação? E será que Joshua e Sherry conseguirão ter a cautela necessária para lutar contra as criaturas justo agora que seus corações estão agitados pelo começo de uma paixão?"

Como seria se um vírus contagioso atingi-se a sua cidade transformado a população em mutantes assustadores e te obrigando a se esconder em um em um abrigo subterrâneo com a sua família há mais de 1.000 dias sem ver a luz do sol?
Em "A outra vida" podemos conhecer essa realidade através de Sherry, uma garota que vive em um mundo apocalíptico, onde a maioria das pessoas foram atingidas por um vírus conhecido como "raiva" e se transformaram em seres aterrorizantes, selvagens e famintos. 
Tentando fugir dessa realidade Sherry vive com os seus pais, seu irmão mais novo e sua avó dentro de um abrigo subterrâneo isolada do mundo e da civilização. 
Porém quando a comida acaba não resta outra alternativa a não ser encarar o perigo e sair em busca dela. 

"Minutos mergulhados no silêncio. Não aquele silêncio que nos envolve com uma manta quentinha, mais um silêncio que ameaça nos esmagar.
Olhares desejosos fitavam os pratos vazios, olhares resignados fitavam a despensa vazia.
Mil cento e trinta e nove dias sem ver a luz do sol.
Apenas dois minutos desde que a comida acabou."

Através dos olhos da personagem fui me surpreendendo com a realidade que ela encontra pela frente e a sua luta pela sobrevivência nesse novo mundo.
Com uma história repleta de cenas de ação, algumas vezes é possível até mesmo deixar de respirar com a tensão que domina o livro do começo ao fim.
É impossível não se envolver com tudo e não parar para pensar no que você faria se fosse obrigada a viver algo parecido. 
Porém não é só de tensão, ação e caos que a narrativa se sustenta, além de tudo isso ainda temos espaço para um romance bem fofo que aparece timidamente e vai encantando aos poucos.

"Alguns instantes depois, quando me senti firme, virei a cabeça devagar para olhar o rapaz ao meu lado. Era moreno e tinha a maça do rosto saliente.
- Me chama Sherry.
- Joshua - disse, com um leve sorriso e então me passou uma toalha velha. - Para estancar o sangue. - Ele voltou a prestar atenção nas ruas vazias e eu pressionei a toalha sobre o ferimento em minha cabeça.
- O que aconteceu com o meu pai? - perguntei, embora não tivesse certeza de que queria realmente saber.  
- Não sei. Mas como não vi nenhum corpo, imagino que eles o levaram."

Já li várias distopias e admito que esse é um gênero que eu particularmente gosto bastante. 
Mesmo sem grandes surpresas em seu enredo a autora vez um excelente trabalho tanto no cenário como nos personagens criados, sendo possível imaginar exatamente como é se deparar com os Chorões (os humanos infectados pelo vírus).
Foi interessante observar também que apesar de ser algo semelhante aos Chorões o termos zumbis não foi abordado em nenhum momento durante a narrativa tornando a ideia da infecção por vírus ainda mais real e crível para o leitor. 
Para quem não sabe, "A outra vida" é o primeiro livro de uma série e deixa em seu final um gancho incrível que me deixou bem ansiosa para ler a sua continuação.

24 setembro 2013

Cabelos: Óleo finalizador, qual usar?

2
Os óleos vegetais são conhecidos como ótimos finalizadores, pois além de proteger o cabelo e deixá-lo mais macio eles ainda podem ajudar a controlar o volume, reduzir o frizz e até mesmo hidratar os fios. 
Saiba para que serve cada tipo de óleo e escolha o ideal para você!


Coco: Tem moléculas menores, que penetram bem nos fios. Por isso é perfeito para segurar o frizz.

Abacate: Possui ácidos graxos que combatem a desidratação natural, ajudando na regeneração dos cabelos ressecados e fortalecendo os fios.

Ojon: É indicado para cabelos danificados pelo verão, processos químicos e escovas, revertendo totalmente os danos causados à fibra capilar.

Açaí: Um ótimo hidratante para o cabelo. Perfeito para levar para a praia, pois ajuda a proteger os fios do sol.

Macadâmia: Tem uma textura mais pesada, o que ajuda a controlar o volume dos fios.

Argan: Protege do secador e da chapinha. Depois de modelar, ajuda a reduzir o frizz e deixa o cabelo macio. Antes da modelagem, ele ajuda a proteger do calor.

Você já usou algum deles ou pretende usar?

19 setembro 2013

Fofura do Dia - Caneca Personalizada!

3
Sempre fui apaixonada por canecas, acho a coisa mais fofa do mundo aquelas canecas cheias de detalhes, desenhos, fotos e até mesmo as de formatos diferentes.
Encontrar uma caneca diferente é muito fácil, já que existem por ai diferentes lojas que vende canecas dos mais variados preços e tamanhos, mais você já pensou em ter uma caneca personalizada e exclusiva que você mesmo possa criar?


Foi pensando nisso que criaram o Kupz, um site que te permite criar e comprar uma caneca com a estampa de você quiser.
Eu fiz o teste, criei uma caneca com as fotos da minha sobrinha e recebi na minha casa menos de uma semana depois.
A qualidade da impressão é ótima e além disso ela veio super bem embalada e dentro de uma caixinha super fofa que vem até com um cartãozinho em cima.


Essa com certeza também é uma ótima opção de presente, para quem busca algo diferente, personalizado e útil.
Se você quiser fazer a sua é só clicar aqui e usar o código LEITORAFASHION na hora da compra para ganhar 10% de desconto.

18 setembro 2013

[Resenha] Laços de Sangue - Richelle M.

3
Livro: Laços de Sangue
Autora: Richelle Mead
Editora: Seguinte

Sinopse:
"O trabalho de Sydney Sage não é nada fácil: ela e seus colegas alquimistas são os únicos no mundo todo que sabem que vampiros existem para além das telas de cinema - e são uma ameaça real à humanidade. Para manter a ordem, eles devem impedir, a qualquer custo, que esse segredo vaze e que os reles mortais se aproximem desses seres perigosíssimos.
Mas agora a paz que os alquimistas vêm garantindo há tempos está prestes a desabar, e Sydney, para o bem de todos os humanos, terá de passar a proteger vinte e quatro horas por dia a princesa vampira Jill Dragomir, ou uma guerra pelo trono eclodirá no mundo dos vampiros, trazendo consequências avassaladoras para os homens. E defender alguém que até então era alvo de seu desprezo será mais difícil do que Sydney imaginava..."


A muito tempo ouço falar da escrita de Richelle Mead e de sua famosa série Academia de Vampiros, porém o fato de eu não ser muito ligada ao gênero sobrenatural e a série contar com muitos livros acabou me desencorajando a sua leitura. 
Quando a editora Seguinte anunciou o lançamento de seu spin off Laços de Sangue resolvi finalmente dar uma chance a esse universo e conhecer a escrita da autora.
Nessa nova série temos como protagonista Sydney Sage, uma jovem alquimista, que após ter ajudado Rose e Dimitri, os famosos personagens de Academia de Vampiros recebe a missão de proteger a princesa Jill.

"Tinha que admitir que ele estava lindo - mas não parecia preparado para um entrevista de emprego. Parecia que estava pronto para cair na noite. Isso me causou um certo conflito. Ainda assim, me peguei admirando-o, e mais uma vez me lembrei da impressão que tinha de vez em quando, de que ele era uma espécie de obra de arte. Era um pouco desconcertante, principalmente porque eu tinha que ficar relembrando a mim mesma que vampiros não eram bonitos do mesmo jeito que humanos."


Para proteger Jill, Sydney é obrigada a se passar por estudante e se matricular na mesma escola com ela sob os cuidados de seu guardião Eddie.
Durante a narrativa, vemos a postura de Sydney mudar em relação aos vampiros, poi talvez eles não sejam tão ruins quanto ela sempre imaginou. Principalmente Adrian Ivashkov, um vampiro que é capaz de mexer com o coração de muitas mulheres.

"- Acho que o amor é sempre uma causa nobre - disse a ele. Eu estava falando de maneira objetiva, é claro. Nunca tinha me apaixonado, então não tinha referência para avaliar. Com base no que eu tinha observado em outras pessoas, achava que devia ser algo maravilhoso... mas, por enquanto, estava ocupada demais com o trabalho para reparar naquela ausência. Eu ficava imaginando se não devia me sentir decepcionada com aquilo. - E acho que você ainda tem tempo de sobra para fazer outras coisas nobres."

Com uma narrativa em 1ª pessoa bem rápida e fluida, esse primeiro livro da série ainda não tem muito romance e o seu foco é mais voltado para a ação e o mistério, porém acredito que o romance irá aparecer mais nos próximos livros e não irá decepcionar.
Infelizmente o fato de eu não ter lido nenhum livro da série Academia de Vampiros antes de começar essa leitura acabou me atrapalhando um pouco no começo e me deixando um pouco confusa a respeito de algumas partes da história, já que apesar da série ser totalmente nova ela ainda se trata de uma continuação. 
Aos poucos fui encaixando as peças que ficaram faltando e moldando a história inteira na minha cabeça, mais admito que se tivesse lido Academia de Vampiros antes poderia ter me envolvido com esse livro bem mais.  
No mais, só tenho a dizer que a escrita da autora é realmente tão encantadora como todos dizem e que vale a pena arriscar e ler a série mesmo que você não seja tão fã do gênero.



 

17 setembro 2013

Inspirações: Unhas Inglesinhas

1 comentários
É sempre bom buscar novas inspirações na hora de fazer as unhas.
E para quem não tem talento para fazer nail arts assim como eu as inspirações de hoje são inglesinhas bem coloridas, diferentes e super fáceis de copiar.



15 setembro 2013

Na minha caixa de correio #76

2


____________________________________
Envie uma cartinha:

Tais Bruna Castro
Rua Altino Arantes nº 43
Bairro: Vila Arens
Jundiaí/SP
Cep: 13. 202 - 641

11 setembro 2013

[Resenha] Eu amo New York - Lindsey K.

11
Livro: Eu amo New York
Autora: Lindsey Kelk
Editora: Fundamento

Sinopse:
"Será que fugir do ex-noivo rumo ao destino mais vibrante e inesquecível do planeta pode ser o suficiente para curar um coração partido? Para Angela Clark, a inglesa mais indecisa do mundo... sim! Com um pouco mais do que um par de sapatos Louboutin e seu passaporte, é New York - a cidade onde a vida pulsa de verdade - que Angela escolhe como seu destino de aventuras. E lá encontrará a ajuda da pessoa mais antenada da cidade, Jenny, sua nova melhor amiga. Indecisa entre dois homens maravilhosos, tentada pelas vitrines das lojas mais famosas do mundo e com medo de ter que voltar para Londres, Angela terá que tomar muitas decisões. E o mais importante: ela relata essas experiências para os leitores do blog de uma revista famosa! Hummm... será que isso vai dar certo?! E será que Angela vai querer chamar NY de “casa” para sempre? E você? Depois de uma temporada em NY, não iria querer chamar essa cidade fabulosa de “casa” também?"

Imagine flagrar o seu namorado (quase noivo) com outra durante a festa de casamento da sua melhor amiga?
Pois é exatamente isso que acontece com Angela, uma escritora Inglesa que a anos vive a mesma rotina todos os dias. 
Na tentativa de fugir de tudo e de todos ela embarca para New York, sem bagagem, sem ter onde ficar e sem ao menos conhecer a cidade.
Nessa louca aventura, tudo é novo e confuso, porém certamente bem melhor do que a realidade que ela deixou para trás em Londres. 

"A silhueta dos prédios da cidade de New York. Manhattan. O Empire State Building. O Woolworth Building com o seu grande e velho campanário. Eu me apaixonei. 
Foi tão forte que parei de chorar, parei de pensar, parei de respirar. Perdi o fôlego. Abri a janela do táxi todinha e respirei os arranha céus, os outdoors imensos, a área industrial ao lado do rio e o ar úmido e quente. 
Eu estava em New York. Eu não estava em casa, em Londres, não estava no casamento de Louisa nem em nenhum lugar perto do filho da mãe traidor do meu namorado."

Já nos primeiros dias em New York, Angela faz novos amigos, é convidada para escrever um blog no site de uma revista super famosa e conhece dois homens irresistíveis.
Desejando apenas se divertir e esquecer o passado ela decide aproveitar o momento e fazer tudo o que tem vontade sem se preocupar com escolhas e sentimentos, mais é claro que isso não será tão fácil quanto parece, não é mesmo?

"- Você não vai embora? - ele perguntou, chegando mais perto de mim.
- Cada pedacinho de mim está dizendo que eu deveria - revelei sem ter certeza de estar tomando a decisão certa. - Mas estou experimentando coisas novas, não estou?
Fechei os olhos e me entreguei. Nós nos beijamos por muito tempo, mas não foi quente e sexy. Foi doce e terno, procurávamos alguma coisa. Duas pessoas buscando alguma coisa uma na outra, algo que tínhamos perdido e não sabíamos como encontrar."

O livro é chick lit leve, divertido que fala sobre novas descobertas, escolhas e amadurecimento.
A leitura é bem rápida, fluida e deixa aquele gostinho de quero mais, pois é apenas o primeiro livro de uma série.
Em “Eu amo Hollywood”, que já tem capa nacional e será lançado em breve pela editora Fundamento continuaremos acompanhando o amadurecimento e as aventuras de Angela, dessa vez na cidade do cinema. 
Para quem gosta de um bom chick lit com direito a muitas risadas e romance, é uma leitura mais do que recomendada. 




10 setembro 2013

Vestido de Renda: Fofos ou Sedutores?

3
Fofos ou sedutores?
Os dois, os vestidos de renda são ótimos tanto para compor looks leves para o dia a dia como os mais sofisticados para a noite.
É possível encontrar diversos modelos diferentes que podem combinar com todos os estilos e ocasiões.



Para o dia a dia, aposte em peças de cores neutras e modelagens mais soltas.
Com um look romântico você irá chamar a atenção na medida certa e ainda ficar confortável e na moda com um modelo discreto e foto.




Já para a noite a palavra é sedução, escolha modelos mais justos e abuse das cores fortes e vibrantes.
A ousadia irá te garantir muitos olhares e você com certeza irá se sentir uma mulher poderosa.

Escolha o seu e se jogue no poder da renda.

07 setembro 2013

Lugares do mundo que eu gostaria de conhecer.

1 comentários
Assim como uma boa sonhadora e alguém que nunca saiu do Brasil e nem ao menos viajou de avião, eu sempre fico sonhando em conhecer lugares novos que parecem ser incríveis tanto em fotos como em vídeos.
Hoje vou dividir com vocês os cinco lugares do mundo que eu mais gostaria de conhecer.

Tenho certeza que 9 entre 10 pessoas que lerem esse post desejam conhecer a Disney.
Seja criança ou não todos sempre fantasiam e sonham visitar esse lugar mágico onde a diversão parece não ter fim.
Eu sou uma dessas pessoas e espero poder realizar esse sonho em breve.

E o que dizer de Paris? 
A cidade conhecida com a mais romântica do mundo sempre me encantou, não só pela Torre Eiffel como por tudo o que está ao seu redor.
Mesmo não tendo a certeza que não entenderia nada do francês gostaria muito de estar lá e poder ouvir essa língua tão diferente e encantadora de perto.

Londres, apesar de lindo não é um lugar que costuma atrair as pessoas facilmente e até hoje já vi muitas pessoas dizendo que não tem nenhuma vontade de conhecer o pais e que os Ingleses tem a fama de serem frios d+.
Eu felizmente NÃO sou uma dessas pessoas e sempre sonhei em conhecer o país.
Não sei explicar o motivo e nem o que gostaria de ver por lá mais Londres sempre esteve na minha lista de países do mundo que gostaria de conhecer.

Quem me conhece bem sabe que sempre fui apaixonada por praia e desde de criança sempre gostei de ir, não importa qual ela fosse e nem quantos dias eu iria ficar por lá.
Um dos lugares que tem uma das praias mais lindas e que eu sempre desejei conhecer e fico babando só de ver fotos e vídeos é Cancun no México.
O lugar parece ser incrível e não é a toa que sempre é utilizado como locações de filmes adolescentes que se passam no verão.
Eu adoraria ir para lá e só de olhar para essa paisagem a viagem já teria valido a pena.


New York também está na minha listinha, porém eu desejo conhecer o país especialmente no natal.
O natal é a minha data comemorativa preferida e de tanto ver filmes sobre a data que se passam lá, cresceu em mim o desejo de um dia poder passar o natal por lá também e poder visitar a famosa árvore de Natal do Rockefeller Center.

                  E vocês, quais lugares do mundo gostariam de conhecer?

04 setembro 2013

Resenha: Easy

9
Livro: Easy
Autora: Tammara Webber
Editora: Verus

Sinopse:
"Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor."

Li Easy pela primeira vez em ebook, numa versão traduzida por fãs meses antes do livro ser lançado aqui no Brasil.
Por a tradução não ser oficial e não estar tão boa acabei não me envolvendo tanto com o livro como gostaria e por isso preferi aguardar o seu lançamento por aqui para poder lê-lo novamente e resenhar para vocês. 
Easy é narrado em primeira pessoa por Jaqueline, uma garota que acaba de levar um fora de seu namorado de anos e por conta disso acaba perdendo duas semanas da aula de economia que frequentava junto com ele na faculdade e uma prova super importante da matéria.
Após muita insistência da sua amiga Erin ela aceita ir a uma festa de Halloween das Fraternidades, porém logo acaba se entediando do lugar e decide ir sozinha para casa. 
Quando está entrando em seu carro no estacionamento do local Jaqueline é atacada por Buck, um dos melhores amigos do seu ex.
Sem conseguir se defender dele ela não consegue nem ao menos gritar por ajuda mais por sorte acaba sendo salva por Lucas, um garoto que ela nunca viu na vida mais que parte em sua defesa e depois ainda oferece ajuda levando ela para casa.

"Eu o observei enquanto ele desenhava, seus olhos vindo e voltando entre o meu rosto e o bloco. Em algum momento, seu olhar começou a se mover e focar em outras partes do meu corpo. Como se seus dedos deslizassem pelos meus ombros e costas, minha respiração ficou presa na garganta e eu fechei os olhos."


 Apesar de nunca ter visto Lucas antes, agora Jaqueline passa a vê-lo em todo lugar e se dá conta que ele frequenta até mesmo a aula de economia junto com ela.
Lucas é misterioso, tem vários trabalhos diferentes e passa a aula inteira desenhando em seu caderno ao invés de prestar atenção no professor, todas as evidências que fazem Jaqueline pensar que não deve se envolver com ele, porém fica cada dia mais difícil não ficar fascinada e mais atraída ainda por seu salvador. 

“Mas eu não o conhecia. Não sabia o que ele pensava sobre mim. Ou se pensava em mim. A garota que conversou com ele depois da aula na semana passada o queria. Na danceteria, as mulheres o olhavam fixamente quando ele passava, e algumas até o acompanhavam com os olhos enquanto ele se afastava. Ele poderia ter dançado com qualquer uma delas, e provavelmente poderia ter levado praticamente todas para casa. Por que eu?”

O livro, além de ter um romance maravilhoso que te faz suspirar a cada nova página também trata de temas sérios e importantes como a violência sexual e os traumas de infância que são retratados de forma muito inteligente e  bem escritos pela autora, estando totalmente ligados a história e aos seus desdobramentos.  
Easy é mais um livro do gênero new adult que entrou para a minha lista de favoritos e a boa notícia é que assim como aconteceu com Belo Desastre a autora pretendo lançar em breve um novo livro com a história narrada por Lucas, onde ficaremos conhecendo um pouco mais do seu passado e acompanhar a sua visão do romance com Jaqueline.
E que venham bem mais new adults como esse, pois me apaixono cada vez mais pelo gênero.



02 setembro 2013

Moda entre as famosas: Ear Cuff

0
Você já ouviu falar em Ear Cuff?
É um tipo de brinco que envolve a orelha toda, um acessório inusitado e criativo que tem sido usado constantemente pelas famosas em eventos e principalmente nas novelas e está virando moda também nas ruas.
Diferente dos brincos comuns, o ear cuff não tem um par, sendo que o correto é usá-lo em apenas uma das orelhas, compondo o visual com o brinco tradicional na parte inferior.


E você, entra ou não nessa moda?

01 setembro 2013

Na minha caixa de correio #75

1 comentários


____________________________________
Envie uma cartinha:

Tais Bruna Castro
Rua Altino Arantes nº 43
Bairro: Vila Arens
Jundiaí/SP
Cep: 13. 202 - 641
 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com