Image Map

09 abril 2013

Resenha: Garota Tempestade

Livro: Garota Tempestade
Autora: Nicole Peeler
Editora: Valentina

Sinopse:
 "Mesmo tendo passado a vida inteira na pequena e conservadora cidade de Rockabill, Jane True, 26 anos, sempre soube que não se encaixava numa sociedade pretensamente normal. Durante um de seus clandestinos nados noturnos no mar congelante, desafiando um perigosíssimo redemoinho, uma descoberta terrível leva Jane a revelações surpreendentes sobre sua herança genética: ela é apenas meio-humana. Agora, Jane precisa penetrar um mundo de mitos e lendas, povoado por criaturas sobrenaturais, aterrorizantes, belas e até mortais. Características que também descrevem perfeitamente Ryu, seu novo “amigo” -- um vampiro poderoso, deslumbrante e hummm, aiii... muuuito SEXY. Nesse mundo, onde há um goblin advogado, um espírito de árvore maquiador, um súcubo dona de boutique, elfos diabólicos, homens inflamáveis, seres híbridos que se transformam em animais selvagens, nada é presumível. Que dirá um romance ao molho pardo. Mas atenção, nunca, nunca mesmo, esfregue a lâmpada do gênio. Entretanto, alguém está matando meio-humanos como Jane. A pergunta que não quer calar é: os assassinatos são fruto de uma mente doentia ou há um plano macabro para exterminá-los?"

Garota Tempestade é um livro que não me chamou atenção pela casa e sim pela quantidade de elogios que li sobre ele desde que foi anunciado o seu lançamento.
Ele é o primeiro livro da série "O Estranho Mundo de Jane True" e faz parte do gênero literário Urban Fantasy.
Nesse primeiro livro somos apresentados a Jane, uma mulher de 26 anos que tem um passado sombrio e sempre foi vista com maus olhos pelos moradores da cidade de Rockabill.

“Ryu me dizer casualmente que eu usava um tipo de magia quando nadava era algo totalmente louco, ao mesmo tempo que parecia totalmente lógico. Isso respondia tantas perguntas minhas! A razão pela qual eu não afundava e nem sentia frio.
  
Jane foi abandonada pela mãe há alguns anos atrás, é suspeita de ter matado o namorado e trabalha em uma livraria junto com um casal de lésbicas. 
Se isso tudo ainda não for estranho o suficiente, ela tem um curioso hábito de nadar nua no mar todas as noites. 
Com uma história repleta de seres sobrenaturais diferentes e que mistura bastante suspense e mistério com romance e bom humor o livro me agradou bastante.

“Por que estou tendo essa reação com esse cara?
Estou parecendo um rapazinho de treze anos que acabou
de ganhar a primeira Playboy do pai. Isso é ridículo! Controle-se mulher”  


Jane é uma protagonista decidida e engraçada, bem diferente da grande maioria das "mocinhas" que estou acostumada a acompanhar e isso acabou se tornando mais um ótimo motivo para indicar e recomendar o livro.
Vale a pena lembrar também que apesar da capa ser um pouco infantil o livro não é recomendado para crianças, pois a história é forte e contem cenas bem quentes.
A narrativa feita em primeira pessoa é bem fluida e a diagramação e revisão do livro também estão bem caprichadas e impecáveis.
Com certeza irei continuar acompanhando a série e torço para que o próximo livro seja lançado em breve por aqui. 



2 comentários:

  1. Pela capa eu jurava que esse era um livro infantil.
    Me surpreendi bastante com a resenha, a história parece ser legal.

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro isto de a capa dar uma impressão e o livro ser completamente diferente, sou doida pra ler este livro, só vejo falarem bem!!!!

    Beijokss

    Vanessa - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com