Image Map

30 julho 2016

[Resenha] Tudo e Todas as Coisas


Livro: Tudo e Todas as Coisas
Autora: Nicola Yoon
Editora: Novo Conceito

Compre com desconto: 

Sinopse:
"Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre."


Fiquei interessada pela leitura deste livro mesmo antes de seu lançamento.
Nicola Yoon nos apresenta a história de Madeline, uma adolescente de 17 anos que nasceu com a Imunodeficiência Combinada Grave (IDCG) que é popularmente conhecida como doença da bolha.
A IDCG é muito grave e rara, onde a pessoa tem alergia a praticamente tudo e até mesmo o ar pode desencadear uma reação alérgica capaz de levar a pessoa à morte.
Por este motivo Madeline vive trancada em casa, onde o sistema de ar é controlado, as plantas são de mentira e ela só tem contato com sua mãe e a sua enfermeira Carla.

“Depois da minha derrota, vamos para o sofá e assistimos ao meu filme preferido, o Jovem Frankestein. Vê-lo também faz parte do nosso ritual de aniversário. Coloco a cabeça no colo da minha mãe, ela me faz cafuné e rimos das mesmas piadas do mesmo jeito que fazemos há anos. No fim das contas, não é uma maneira assim tão ruim de passar o seu aniversário de dezoito anos.”

Sua rotina é estudar on-line, ler muitos livros e a noite passar um tempo com sua mãe, assistindo filmes e jogando jogos de tabuleiro.
Da janela de seu quarto, Maddy gosta de ver o mundo e um dia vê um caminhão de mudança chegando à casa ao lado e passa a observar sempre a rotina de seus novos vizinhos, decorando todos os seus passos.
Oliver, o filho mais velho da família, chama a sua atenção e em pouco tempo os dois fazem uma amizade pela internet e passam a conversar todos os dias.
A maneira como eles vão se conhecendo e a relação entre eles se desenvolve é uma graça e nos faz torcer muito por esse casal. 

“Talvez não possamos prever tudo, mas podemos prever algumas coisas. Por exemplo, com toda a certeza eu vou me apaixonar pelo Olly. E é quase certo que isso será um desastre.”

Ao contrário do que eu imaginava esta não é um livro triste que nós faz chorar horrores e despedaça o nosso coração. 
Tudo e Todas as Coisas trás uma história leve, descontraída e muito envolvente, mas nem por isso menos reflexiva, uma vez que nos incentiva a lutar pelos nossos sonhos e mostra que é possível superar qualquer dificuldade até mesmo as impostas por uma doença. Maddy tinha tudo para ser uma garota depressiva e revoltada com a sua realidade, porém é uma menina simpática e alegre, que nunca reclama da vida em que leva por mais difícil que ela seja. 
Com uma narrativa em primeira pessoa extremamente fofa e um final surpreendente, o livro me ganhou fácil e entrou para a lista das melhores leituras do ano.  


2 comentários:

  1. oi flor, eu to querendo ler esse livro desde o lançamento, apesar de saber que é meio clichê e creio que um pouco previsível e tal não consigo deixar de me sentir atraida pelo enredo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Li esse livro graças a recomendação de uma pessoa muito especial para mim e achei maravilhoso, simplesmente extraordinário.

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com