Image Map

30 junho 2015

[Resenha] A Playlist de Hayden

Livro: A Playlist de Hayden
Autora: Michelle Falkoff
Editora: Novo Conceito

Compre com desconto: 
http://oferta.vc/a5Nf

Sinopse:

"Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que senteEnquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava."


Todos os livros que de alguma forma tenham ligação com a música sempre chamam a atenção e despertam rapidamente a minha curiosidade, obviamente com A Playlist de Hayden não foi diferente.
O livro é narrado por Sam, um garoto que acaba de encontrar o seu melhor amigo morto em seu quarto, um dia após ter brigado com ele em uma festa.
Hayden se suicidou e a única coisa que deixou para trás foi um bilhete escrito "Ouça. Você vai entender" junto com um pendrive que traz uma playlist de músicas.
Em meio a tristeza e a revolta, Sam decide ouvir todas as músicas milhares de vezes ao dia em busca de uma explicação que possa esclarecer o motivo do amigo ter decidido tirar a própria vida. 

''Fechei os punhos, afundando as unhas nas palmas das mãos, e tentei me acalmar. Eu havia passado os últimos dias alternando o ódio por Hayden com a saudade, me sentindo culpado e deprimido, sem saber como deveria me sentir, mas desejando me sentir de alguma forma diferente. ''

A playlist é uma grande mistura que vai desde os sons dramáticos e depressivos até os mais românticos, e uma a uma elas são apresentadas ao leitor no começo de cada novo capítulo. Durante a leitura experimentei ouvir as músicas ao mesmo tempo em que elas apareciam no livro, através do site especial que a Novo Conceito disponibilizou aos leitores, e posso dizer que essa experiência fez toda a diferença e me ajudou a embarcar um pouco mais na história.  
Ouvir cada música "junto" com Sam me aproximou mais do personagem, fazendo com que eu me envolve facilmente com os seus dramas e dilemas.  

"Se havia alguma coisa que eu aprendera com a playlist, é que ouvir as pessoas pode ser importante."

Um enredo que fala sobre bullying, preconceito e perdas de uma forma sutil e leve nos fazendo refletir como em nosso dia a dia o assunto muitas vezes é encarado como brincadeira por quem pratica e por quem sofre, porém lá no fundo esta brincadeira sempre causa consequências muito mais sérias do que realmente aparenta.
Hayden sempre falava em formas diferentes de se matar e tirava sarro do assunto, mas como Sam poderia perceber que o que para ele parecia uma simples brincadeira, um dia iria se tornar realidade? 
Apesar de ter gostado muito deste lado reflexivo da história e ter me apegado aos seus personagens, confesso que minhas expectativas para esta leitura estava um pouco altas demais e por isso acabei me decepcionando.
Acredito que infelizmente a autora se perdeu em alguns momentos e isso acabou deixando a leitura um pouco monótona e lenta. 
Alguns assuntos que poderiam ser mais explorados acabaram sendo esquecidos ao longo da narrativa e com isso ficaram sem uma conclusão. 
Ainda sim considero o livro uma boa leitura para quem gosta do gênero. 

1 comentários:

  1. oi flor, eu não solicitei, mas já estou me arrependendo! Vejo só coisas positivas pelo livro e estou cada vez mais tentada a comprá-lo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com