Image Map

19 abril 2014

[Resenha] Me Liga

Livro: Me Liga
Autora: Sarah Mlynowski
Editora: Galera Record

Sinopse:
"Aos 17 anos, a vida de Devi está de pernas pro ar. Depois de começar a namorar Bryan, negligenciou as amigas, os estudos e, depois que ele terminou com ela, está sem nada: sem perspectiva de uma boa faculdade, sem mais amigas, sem namorado. Se ela pudesse bater um papo com a Devi do passado... O que, após um incidente estranho com seu celular, é exatamente o que pode fazer! Agora que só consegue ligar para a Devi de 14 anos, parece que é finalmente a sua chance de consertar a própria vida. Ela tem o passado – ou melhor, o futuro – nas mãos. É só dar um telefonema."


Capas diferentes e fofas sempre me atraem e não ha como não dizer que “Me Liga” não tem uma delas.
O livro faz parte do selo Junior da Galera, por isso já podemos esperar uma história mais jovem voltada para o público adolescente.
Devi está prestes a se formar e acabou de levar um fora de seu namorado de 3 anos, Bryan, por quem ela é completamente apaixonada.
Enquanto está sofrendo e desejando voltar ao passado para poder mudar tudo de ruim que aconteceu na sua vida, o seu celular acidentalmente cai em uma fonte de um shopping e para de funcionar.

"Aperto o botão para ligar novamente. Nada ainda. Aperto o botão do um. Nada. O dois. Nada. Três, quatro, cinco, tudo... nada. Seis, sete, oito, nove, o botão do jogo da velha, o botão do volume. Nada, nada, nada. Eu chuto o chão. Meus chinelos fazem um barulho de água espirrando."

Desesperada ela começa a apertar todos os botões do aparelho até que finalmente consegue fazer uma ligação e uma garota atende.
Logo Devi percebe que acabou de ligar para o seu próprio número e está falando com ela mesma no passado.
Diante da oportunidade incrível e surreal que surge em sua frente, por que não tentar mudar o passado para que o dia que Bryan a fez sofrer nunca aconteça?
É a partir dai que passado e presente passam a conversar todos os dias e juntos  tentam arrumar maneiras de mudar o seu destino e o destino das pessoas a sua volta.

"Vai ser uma lista longa. Mas talvez eu deva deixar a história do meu pai de de fora. Pelo menos por enquanto. Porque ela deveria se preocupar quando não há nada que possa fazer? Como ela poderia impedir? Dizendo a ele para não ir trabalhar no dia de sua demissão?"

A narrativa é feita em primeira pessoa e tem os capítulos narrados e divididos entre a Devi do primeiro colegial e a do terceiro, tornando a história ainda mais interessante.
Apesar da diferença de idade entre as “duas garotas” ser de apenas 3 anos e meio é perceptível a diferença de personalidade das duas.
Se a Devi de 14 anos era alegre e sonhadora a de 17 se tornou mais amarga e um tanto quanto egoísta.
De uma forma leve e divertida a autora passa a mensagem de o quanto interferir no passado pode ser desastroso e muito perigoso.
A história é bem fluida e descontraída apesar de ter alguns capítulos um pouco mais cansativos e arrastados.
O enredo poderia facilmente se transformar em um daqueles filmes jovens da Disney e acredito que faria bastante sucesso.
A autora também tem vários outros livros já lançados aqui no Brasil e um dia se surgir a oportunidade com certeza pretendo lê-los.
Se for apostar na leitura tenha em mente o público alvo para qual ele é destinado para não acabar se decepcionando. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com