Image Map

07 março 2014

[Resenha] Dias de Sangue e Estrelas

Livro: Dias de Sangue e Estrelas  
Autora: Laini Taylor  
Editora: Intrínseca  

Sinopse:
"Karou, uma estudante de artes plásticas e aprendiz de um monstro, por fim encontrou as respostas que sempre buscou. Agora ela sabe quem é - e o que é. Mas, com isso, também descobriu algo que, se fosse possível, ela faria de tudo para mudar: tempos atrás Karou se apaixonou pelo inimigo, que a traiu, e por sua culpa o mundo inteiro foi punido. Na deslumbrante sequência de Feita de fumaça e osso, ela terá que decidir até onde está disposta a ir para vingar seu povo. Dias de sangue e estrelas mostra Karou e Akiva em lados opostos de uma guerra ancestral. Enquanto os quimeras, com a ajuda da garota de cabelo azul, criam um exército de monstros em uma terra distante e desértica, Akiva trava outro tipo de batalha: uma batalha por redenção... por esperança. Mas restará alguma esperança no mundo destruído pelos dois?"
 
Quando terminei a leitura de Feita de fumaça e Osso ainda em 2012 fiquei bem angustiada e curiosa por sua continuação, porém com o passar do tempo acabei me esquecendo um pouco do livro e toda aquela ansiedade passou.
Por conta disso quando Dias de sangue e estrelas finalmente chegou acabei adiando a sua leitura e passando outros livros na sua frente na fila de leitura.
A história começa apenas alguns dias depois do final do primeiro livro e agora Karou não é mais a menina de cabelo azul que estuda artes em Praga, agora ela é também Madrigal, uma quimera que acabou de descobrir os segredos de seu passado e está transtornada por acreditar que ama a pessoa errada.
Enquanto ela sofre em silêncio tentando esquece-lo, Akiva pensa que ela está morta e só vê dor e ódio ao seu redor.

"A infelicidade de Akiva o consumia. Ia lhe corroendo aos poucos, e ele sentia a dor a todo instante, como se dentes o dilacerassem - a tristeza que o devorava por dentro, a verdade sombria do que tinha feito, atormentando-o como um pesadelo do qual não podia acordar".

Agora mais do que nunca os dois lutam em lados opostos e a batalha entre anjos e demônios está apenas começando.
Assim como o titulo já avisa, a história é regada a muito sangue e muitas mortes.
Com um clima tenso e sombrio a história continua intensa em todos os aspectos e dessa vez está bem mais carregada de cenas de ação.
Alguns personagens secundários chamaram bastante atenção e serviram para aliviar um pouco o clima tenso da história nos divertindo um pouco, como foi o caso do casal Zuzana e Mike, os dois são super fofos e divertidos e tiveram um papel bem importante no desenvolvimento da história.

"Isso é tão mais legal que teatro de fantoches. Caramba, Karou. Você está fazendo criaturas vivas. Você é uma Frankenstein, cara!"

A narrativa é feita em terceira pessoa e apresenta vários pontos de vistas diferentes ao longo dos capítulos e talvez por conta disso a minha leitura foi um pouco mais lenta do geralmente costuma ser.
Apesar disso de uma forma pra lá de criativa e original a autora continua me surpreendendo a cada página e ela com certeza conseguiu fazer um livro com o tema anjos bem diferente de tudo o que se vê por ai.
O livro não me agradou tanto quanto o primeiro, porém pretendo continuar a ler a série e estou bem curiosa para ver o que irei encontrar pela frente no terceiro livro e último livro que provavelmente será lançado ainda esse ano aqui no Brasil. 
Aliais não posso terminar a resenha sem dizer o quanto acho as capas dessa série maravilhosas. 

1 comentários:

  1. Eu li o primeiro livro e amei! O final foi ótimo :)
    Estou muito ansiosa para ler esse livro, espero gostar tanto quanto o primeiro.

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com