Image Map

25 janeiro 2013

Resenha: O lado bom da vida

Livro: O lado bom da vida 
Autor: Matthew Quick 
Editora: Intrínseca

Sinopse:
"Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida." 

Confesso para vocês que nunca tinha ouvido falar desse livro e nem mesmo do filme até a editora Intrínseca anunciar o seu lançamento.
Assim que vi a capa e a sinopse ele me chamou bastante atenção e fiquei bem curiosa para começar a ler.
"O lado bom da vida" é narrado por Pat Peaples, um cara de 30 anos que acaba de sair de uma clínica psiquiátrica.
Pat não se lembra quanto tempo ficou "no lugar ruim" e nem mesmo sabe o porque foi parar lá, a única coisa que ele deseja é voltar a sua vida normal e reencontrar de novo a sua mulher Nikki.

"Não quero ficar no lugar ruim, em que ninguém acredita no lado bom das coisas, no amor ou em finais felizes, e onde todo mundo me diz que Nikki não vai gostar de meu novo corpo, nem vai querer me ver quando acabar o tempo separados. Mas também tenho medo de que as pessoas de minha antiga vida não sejam tão entusiásticas quanto estou tentando ser agora."

Nikki e Pat estão vivendo o que ele chama de "tempo separados" e por isso ele não tem nenhum tipo de contato com ela e nem com a família dela.
Pat acredita em finais felizes e quer ser uma pessoa melhor para Nikki e por isso está o tempo todo se esforçando, lendo os livros preferidos dela para entender o que ela pensa, malhando para voltar a antiga forma física e etc
Para superar tudo isso ele conta com a ajuda de seu terapeuta Cliff, seus amigos Ronnie e Verônica, e Tiffany (uma viúva doidinha) que terá grande importância na sua vida.

"Tenho que admitir que, pela primeira vez desde que o tempo separados começou, estou furioso com Nick por ensinar tal pessimismo em sala de aula.
Não vou citar Hemingway tão cedo, nem quero ler outro de seus livros. E, se ele ainda fosse vivo, eu escreveria uma carta para ele agora mesmo e ameaçaria estrangulá-lo até a morte com minhas próprias mãos, só por ele ser tão deprimente."

Com uma história envolvente que nos mostra como é importante viver o lado bom da vida apesar de todos os problemas que enfrentamos no dia a dia, "O lado bom da vida" me ganhou fácil, apesar de não ser o meu gênero literário favorito.
A narrativa construída em primeira pessoa nos faz entender completamente o universo de Pat e toda a confusão mental que ele passa em relação ao seu passado.
Além de um drama muito bem construído com um certo mistério envolvendo toda a história, o livro trás também algumas cenas bem divertidas e muitas outras emocionantes.
Para quem ainda não sabe a adaptação cinematográfica do livro está com várias indicações para o Oscar desse ano e estreia aqui no Brasil no dia 1 de fevereiro.
É claro que já estou ansiosa para assistir o filme e espero não me decepcionar com ele.


________________________________________________________

Confiram o trailer do filme: 

8 comentários:

  1. Acabei de comentar em outra resenha desse livro. rsrs
    Postei minha resenha dele essa semana, e tipo; Estou mega in love por ele.
    Amei a escrita do autor, a construção de personagens e situações.
    Muito emocionada com esse livro, eu fiquei.

    amei a resenha!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. OI Tais!
    Eu também conheci o livro e o filme após o lançamento da Intrínseca e já estou curiosa pela leitura.
    Sua resenha ressaltou pontos que certamente chamam minha atenção, como o fato de haver momentos emocionantes e cômicos, além do livro todo parecer despertar reflexões.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. A gente não consegue parar de ler para poder descobrir (ou simplesmente confirmar as nossas deduções) não é verdade? Eu me apaixonei pelo Pat. Ele é um personagem tão... lindo e palpável!
    Adorei o livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Li esse livro alguns dias atrás e adorei.
    Achei tudo incrível.
    O Pat é um personagem muito fofo e que sempre tenta ver o lado bom das coisas. Gostei muito deste personagem.

    Beijos,
    Thais P.
    http://thaypriscilla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu já estava curiosa pra ler o livro e agora vendo trailer do filme... ai ai ai... quero ver o filme tb...

    Beijos

    ResponderExcluir

  6. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir
  7. Tive que ler para um trabalho da escola mas adorei o livro e o filme foi bem melhor do que eu esperava :D

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com