Image Map

30 outubro 2012

Resenha: A destinada


Livro: A Destinada
Autora: Paula Ottoni
 
Sinopse:
"Eliza Stewart tem um dom incomum. Ela é vidente. Sempre fez parte de sua vida salvar as pessoas com quem se preocupa, prevenindo acidentes e inconveniências que pré-visualizou em sua mente. Mas nada nunca se comparou ao tipo de visões que começa a ter aos dezoito anos, numa noite em que “vê” um rapaz sendo sequestrado de um trem. Os dois passam a ter “encontros” em sonhos, totalmente reais, ocasiões em que ele diz que será assassinado e ela é a única que pode impedir essa tragédia. Agora Eliza precisa reunir coragem, fugir de casa e sair em uma viagem incerta para tentar salvar essa vida e, quem sabe, recuperar seu grande amor." 

Eliza sempre foi diferente das outras garotas da sua idade, no colégio ela só tinha uma amiga, não tinha namorado, não era popular e ainda não tinha recebido carta de nenhuma faculdade.
Mais o que quase ninguém sabia, exceto a sua mãe e sua irmã, é que ela têm um dom, ela consegue ver o futuro das pessoas enquanto dorme.
Ela não via mais nada a dois anos, desde que ela tinha dezesseis, porém numa noite durante os seus sonhos ela vê um rapaz sendo sequestrado em um trem e se dá conta que o seu dom voltou a assombrá-la.

"- Morrer? Do que você está falando? - O sujeito desconhecido na minha frente recuperou a seriedade, a linha formando-se novamente em sua testa. Agora estava bem sério, olhando-me com preocupação; não havia mais nenhum rastro de humor em suas feições. E mesmo preocupado, Joe (esse era o nome que ele dissera?) ainda era muito bonito."

Se ter o dom de prever o futuro das pessoas já era algo complicado de se conviver a vida de Eliza se complica mais ainda quando ela começa a ter desmaios durante o dia e nesses desmaios ela se encontra com Joe, o rapaz que foi sequestrado no trem. E só ela pode salvá-lo da morte.

"Joe nem existia de verdade para mim. Parecia a coisa mais patética do mundo me apaixonar enquanto estava dormindo. Eu nem podia tocá-lo! Eu não sabia nada sobre ele, não podia nem contar a ninguém que ele existia.
E ele ia MORRER.
A vida dele dependia de mim."

Com uma escrita fluida em 1ª pessoa, a narrativa da Paula Ottoni me conquistou e foi muito difícil largar o livro durante a leitura sem ficar imaginando o que iria acontecer nas próximas páginas.
Eliza é uma personagem corajosa, que não tem medo de correr riscos e de viajar para outro país sozinha a fim de tentar salvar a vida de uma pessoa.
O romance entre ela e Joe é sutil e apaixonante, no começo pode até parecer repentino mais conforme a autora foi construindo a história fica difícil não se apegar e torcer por ele.
O livro pode não ter uma proposta original e deixar um pouco a desejar quando não explica com clareza de onde vêm a vidência de Eliza, mais mesmo assim me convenceu e com certeza eu recomendo a sua leitura.
Mais um livro nacional bem escrito que merece a sua atenção e reconhecimento.

 

4 comentários:

  1. Oi, Taís!
    Gostei muito da temática - sou suspeita, adoro qualquer coisa sobrenatural - e os trechinho que você colocou mostram que ela escreve muito bem :D

    Beijooo!

    Ju
    Praticamente Inofensivo ;)

    ResponderExcluir
  2. Gostei da dica. Quando tiver oportunidade vou ler. Adorei a sua resenha, estava com saudades de vir aqui.

    ResponderExcluir
  3. Oi Tais!
    Eu nem me ative à questão de onde vem a vidência da personagem, simplesmente aceitei que era dele e ponto hehe!
    Gostei da narrativa da Paula também, o que torna o livro muito bom de ser lido!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Oi! Desde que li a resenha da Mi Simões, já tinha ficado bem curiosa.
    Adoro esta capa, acho tão leve... Não ligo muito para esta coisa de originalidade (é claro que gosto de me surpreender), contanto que a história seja bem escrita - que pelo que vi, é o caso rs.

    Beijos!

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com