Image Map

07 setembro 2012

Resenha: Freud me tira dessa!



Livro: Freud me tira dessa! 
Autora: Laura Conrado
Editora: Novo Século

Sinopse:
"Freud, me tira dessa! narra a história de Catarina, uma jovem que passa a morar sozinha em função do novo emprego. Dona de uma vida amorosa catastrófica e disposta a rever suas escolhas, Cat busca ajuda na psicoterapia. Como se não bastasse o dolorido processo de conhecer a si mesma e de adentrar na relação com seus familiares, Catarina se apaixona pelo terapeuta. No auge de sua angústia, a personagem recorre ao pai da Psicanálise para sair dessa."

Um chick-lit que não apenas diverte, como também nos mostra através de situações reais alguns dos dilemas que nós mulheres vivemos na vida profissional, amorosa e familiar.
Catarina vive sozinha em Belo Horizonte por conta de seu emprego, tem problemas com os pais e uma desastrosa vida amorosa.
Todos os seus ex-namorados e ficantes sempre acabam a deixando para ficarem com outras mulheres.
Depois de ser mais uma vez trocada e dessa vez por uma colega sem graça do trabalho, ela decide fazer terapia para tentar se sentir melhor.

 "Todas as pessoas felizes do mundo saíram para fazer compras no mesmo horário que eu.
Mulheres lindas, bem vestidas e com cabelos que pareciam ter passado pela escova progressiva na barriga da mãe cruzavam meu caminho.
Eu me martirizava pensando "Será que ela é a namorada do Rubens?"
Ficava imaginando uma mulher linda, magra, alta e bem vestida. Eu me sentia a feia mais medonha do mundo."

Depois de algumas sessões o que era para ser uma solução acaba virando um baita de um problema, pois Cat se apaixona por seu terapeuta Luiz.
Disposta a conquistar o coração de Luiz, ela passa a se arrumar mais para a terapia, frequentar a academia e contar as histórias do que aconteceu em sua vida de forma mais atraente e interessante possível.
E no meio de toda essa confusão acaba sobrando até mesmo para Freud e os seus livros de psicanalise.

"Mais ele passou a ser alguém que eu queria conquistar e contar de outro poderia atrapalhar a minha conquista.
Essa foi a primeira vez que manipulei, na terapia, a forma com que contaria alguma coisa."

A história é bem leve e divertida e mesmo assim consegue abordar os mais variados temas como depressão pós parto e traição.
O livro é repleto de personagens e todos eles e suas histórias são muito bem construídos e entrelaçados na vida de Catarina.
Eles são inseridos no contexto da história de forma natural e sem causar nenhum tipo de confusão ao leitor.
Um dos personagens que eu mais gostei foi o Fernando (Pirilampo), o professor super divertido da academia que Catarina frequenta, ele conseguiu me fazer dar boas risadas toda vez que aparecia em cena.

- Amada, você é mamífera de coragem! Dá em cima do bofe mesmo!
- Mas, Pirilampo, você não disse que ele ficava perguntando por mim, me olhando e queria saber se eu era solteira?
- Uai, eu disse isso?
- Fernando, como você fez isso comigo? Eu só me aproximei dele por conta do que você disse. Estava para baixo e precisava de uma paquerinha.
- Ah, lembrei! Cat, era para te deixar pra cima. 

O único ponto negativo é a revisão, infelizmente a editora deixou passar muitos erros o que sempre me entristece um pouco em um livro. 
Mais em compensação o ponto positivo, é que ele é um pouco diferente de alguns outros livros desse gênero e a história tem um propósito, além de divertir, nós faz refletir sobre nós mesmos e a forma como enxergamos as situações em que vivemos.
É como se a terapia da personagem também servisse para o leitor.
Para quem deseja uma leitura, leve, divertida e que ao mesmo tempo tenha conteúdo vale a pena escolher esse livro, que além de ter uma bela história foi escrito por uma autora nacional.

______________________________________


5 comentários:

  1. Oi Tais!
    É uma pena como a editora deixa a desejar quanto aos erros de revisão com esse selo, são tantos livros ótimos!
    Esse parece ser uma daquelas leituras gostosas, acho legal quando um livro traz temas importantes e difíceis de maneira leve e divertida!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Tais, adorei a estória! Como eu amo chick-lit, não posso deixar de ler! Já entrou na minha lista!
    Beijinhos!

    Camila.
    loucuradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei da dica, não conhecia esse livro, amei a arte da capa, mas estou ressabiada com a revisão...
    Se bem que quando é bom e esse aparenta ser, dá para relevar.

    ResponderExcluir
  4. Oi flor!!

    Li sua resenha por cima, confesso. Mas tenho uma explicação, calma aí, hehehe: também estou lendo! A Rapha do Equalize da Leitura organizou um BT e estou com ele! Por enquanto estou gostando, acho que vou entrar na parte que ela se apaixona pelo Luiz. (Achei que seria uma coisa repentina e viajada dela, mas pela resenha, é sério).

    A personagem Cat, por enquanto, é meio noiada, viajada e tem horas que parece de Lua. Estou gostando, espero me identificar nas cenas de terapia porque também vou fazer... =)

    Beijos!

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com