Image Map

06 março 2012

Resenha: A linguagem das flores


Livro: A linguagem das flores
Autora: 
Vanessa Diffenbaugh
Editora: Arqueiro

Sinopse:
"Victoria Jones sempre foi uma menina arredia, temperamental e carrancuda. Por causa de sua personalidade difícil, passou a vida sendo jogada de um abrigo para outro, de uma família para outra, até ser considerada inapta para adoção.
Ainda criança, se apaixonou pelas flores e por suas mensagens secretas. Quem lhe ensinou tudo sobre o assunto foi Elizabeth, uma de suas mães adotivas, a única que a menina amou e com quem quis ficar... até pôr tudo a perder.
Agora, aos 18 anos e emancipada, ela não tem para onde ir nem com quem contar. Sozinha, passa as noites numa praça pública, onde cultiva um pequeno jardim particular.
Quando uma florista local lhe dá um emprego e descobre seu talento, a vida de Victoria parece prestes a entrar nos eixos. Mas então ela conhece um misterioso vendedor do mercado de flores e esse encontro a obriga a enfrentar os fantasmas que a assombram."

"A linguagem das flores" sem dúvida nenhuma entrou para a lista dos livros mais emocionantes e marcantes que eu já li.
Com uma história forte e ao mesmo tempo encantadora é impossível não se apaixonar por esse livro.

"Talvez os indiferentes, os rejeitados, os mal-amados pudessem aprender a dar amor com tanta abundância quanto qualquer outra pessoa" 

Victória é uma órfã que desde bebê vive em abrigos e orfanatos esperando por adoção.
Quando criança ela teve várias chances de ter novos pais, porém todas essas tentativas não deram certo já que a menina nunca se permitiu ser adotada por ninguém e sempre armava a maior confusão até ser expulsa pelos candidatos a pais adotivos e voltar ao poder da justiça.
Quando tinha 9 anos de idade ela finalmente encontrou um lar que gostou de ficar e uma mãe que amou de verdade e que a ensinou a amar as flores e conhecer todos os seus significados.  
Porém dessa vez o medo de ser expulsa e ficar novamente sozinha fez Victória por tudo a perder e voltar para o orfanato.

"- Acredito que você também pode provar que todos estão errados, Victoria. Seu comportamento é uma escolha, não quem você é de verdade.
Se Elizabeth acreditava mesmo nisso, pensei, a única coisa que ela poderia esperar do futuro era frustração."


Com 18 anos, no começo do livro nos deparamos com Victória sozinha e virando moradora de rua sem ter para onde ir e nem o que comer.
A paixão pelas flores e o seu conhecimento profundo sobre elas faz com que ela consiga um emprego em uma floricultura, onde a sua vida finalmente começa a mudar. 
Na floricultura Victória reaprender a conviver com outras pessoas e a gostar delas, ganha amigos verdadeiros e reencontra Grant, alguém que fez parte da sua infância e que irá ensiná-la a voltar a amar.
O romance dos dois é algo sutil e que emociona pois Victória nunca gostou nem ao menos de ser tocada por ninguém e tem um enorme bloqueio emocional.

“Uma rosa é uma rosa é uma rosa. Exceto quando ela é amarela. Ou vermelha, ou cor-de-rosa, ou quando está fechada ou morrendo”.  

A narrativa é feita toda em primeira pessoa e mistura acontecimentos do presente com a história do passado de Victória.
Me emocionei em vários momentos e chorei muito em outros, quase li o livro inteiro em apenas um dia pois era muito difícil de larga-lo de tão envolvente que a história é.
Descobri que as flores transmitem muito mais do que beleza e com certeza no dia em que eu me casar irei usar o dicionário de Victória para escolher as flores da decoração.
Entrou para a minha lista de favoritos e indico para todos, principalmente para aqueles que gostam de uma história que é tão marcante que parece real.
_____________________________________________

6 comentários:

  1. to doida maluca pra ler esse livro (vou ler em abril acho)e a cada resenha que leio do livro me surpreendo com a história pois ela parece ser perfeita

    ResponderExcluir
  2. Adorei seus comentários, Tais! Me deixaram mais doida pra ler o livro... Está na minha fila de desejados, COM CERTEZA!

    Fora que a capa é linda! *-*

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
  3. Oi, obrigada por visitar o GMG'
    Adorei aqui! Já estou seguindo segue de volta?
    http://garotamaisgarota.blogspot.com

    Beijos;*

    ResponderExcluir
  4. Que capa linda e a história parece ser mais linda ainda.
    Confesso que não conhecia esse livro mais depois da sua resenha fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Tais!

    Confesso que não tenho vontade de ler esse livro. :( Mas que bom que curtiu a leitura! E se entrou pra sua lista de favoritos é porque ele te marcou mesmo, hein? *-*

    Beijos,
    Amanda || Lendo & Comentando
    ^_^

    ResponderExcluir
  6. Adoro quando pego um livro pra ler e sinto essa vontade de não largar mais, ler tudo de uma vez só. rsrs
    Quero muito ler A Linguagem das Flores, viu? Desde a época do lançamento... só não tive oportunidade ainda.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com