Image Map

04 julho 2014

[Resenha] Quando eu era Joe

Livro: Quando eu era Joe
Autora: Keren David  
Editora: Novo Conceito  
Compre com Desconto: http://oferta.vc/3tJt

Sinopse:
"Imagine o que é perder, em uma única noite, sua casa, seus amigos, Como é possível viver mentindo sobre todas as coisas? Sua escola e até mesmo o seu nome. Aos 14 anos, Ty presencia um crime bárbaro num parque de Londres. A partir desse momento, tudo muda para ele: a polícia o inclui no programa de proteção à testemunha, e Ty é obrigado a assumir uma vida diferente, em outra cidade. O menino ingênuo, tímido, que costumava ser a sombra do amigo Arron, matricula-se na nova escola como Joe... E Joe não poderia ser mais diferente de Ty: faz sucesso com as meninas, torna-se um corredor famoso... Joe é tão popular que acaba incomodando os encrenqueiros da escola. Ser Joe é bem melhor do que ser Ty. Mas, logo agora, quando ele finalmente parece ter se encaixado no mundo, os atentados e ameaças de morte contra sua família o obrigam a viver no anonimato, em fuga constante e sob a pressão de prestar depoimentos sobre uma noite que ele gostaria de esquecer. Um livro – de tirar o fôlego! – sobre coragem e sobre o peso das consequências do que fazemos."

Apesar de “Quando eu era Joe” ter chamado a minha atenção assim que foi lançado, não pretendia fazer a sua leitura por agora, mas ele acabou sendo o primeiro livro sorteado na minha TBR Jar.
Tyler é um menino de 14 anos que acaba de presenciar um assassinato e por conta disso acaba entrando em um programa de proteção a testemunha do governo.
Por estarem correndo risco de vida, ele e sua mãe mudam de cidade e ganham novas identidades, enquanto sua mãe Nick agora é Michele, Tyler atende pelo nome de Joe.
Tendo a oportunidade de mudar também de personalidade e se tornar uma pessoa diferente ele deixa de ser o menino reservado e solitário de antigamente para se tornar um garoto super popular em seu novo colégio.
Agora como Joe, ele faz parte do time de atletismo do colégio fazendo um enorme sucesso entre as garotas e despertando a inveja de outros garotos.

"Só que eles não estão mais seguros. A explosão em seu prédio foi só um indício de até onde a família do garoto responsável pela morte que Ty presenciou está disposta a ir. Pela experiência da polícia, Ty e sua mãe Nicki estão correndo sério risco de vida, e precisarão entrar para o programa de proteção à testemunha."

O livro narrado em primeira pessoa por Tyler/Joe e mistura um pouco de drama com suspense policial abordando problemas sociais e assuntos sérios como amizades abusivas, bullying, drogas e auto mutilação.
Apesar desses assuntos serem bem fortes e intensos a escrita de Keren David é simples e bem leve já que a história é voltada para o público adolescente.
Durante a leitura é interessante perceber o quanto a mentira pode transformar a vida das pessoas, principalmente se ela acabar se transformando em uma verdade.
Também é impossível não parar para refletir e imaginar o que você faria se estivesse no lugar dos personagens, já que esquecer o seu passado e mudar completamente de vida e identidade não deve ser nada fácil.

“Mas, quando sua vida toda é uma mentira, mais uma não parece grande coisa. É irônico. Só estou aqui porque venho tentando dizer a verdade.”

Gostei bastante da escrita da autora, principalmente por acreditar que todos os seus personagens foram bem construidos e "reais" em suas personalidades, ações e pensamentos.
Infelizmente apesar disso o desenvolvimento da história não me empolgou tanto quanto achei que empolgaria e acredito que isso possa ter acontecido devido ao fato de ser um livro muito introdutório deixando muitos mistérios e pontas soltas para a sua continuação.
Talvez se a história tivesse sido melhor distribuída a leitura fluiria bem melhor e eu teria gostado bem mais.
Mesmo assim fiquei com uma certa curiosidade a respeito da série e pretendo ler o próximo livro quando ele for lançado por aqui.

2 comentários:

  1. Oi, Taís!
    Acabei deixando essa leitura de lado. Esses dias fui arrumar minha estante e aproveitei pra ler as sinopses dos livros que eu ainda não tinha lido pra saber o que eu ia passar pra frente e o que ia guardar. Não quis continuar com Quando eu era Joe na estante, portanto não lerei e nem vou poder comparar o que eu pensei sobre ele com o que você mostrou na resenha.
    De qualquer forma, é bom saber que o livro pelo menos despertou essa curiosidade em você.
    Outra coisa: eu não sabia que era uma série. Ótimo pra mim saber que não vou ter mais uma para terminar...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi!!
    Adorei a resenha. Pena que você não gostou muito, eu curti!!
    Acho que os próximos serão melhores que este, isso eu concordo com você. Me pareceu mais uma boa apresentação da história e dos personagens e tal.
    Enfim, aguardaremos os próximos capítulos, rs.

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com