Image Map

30 maio 2013

Inspirações: Unhas fofas

3
 Sempre alguns leitores me pedem dicas de unhas diferentes e fofas, infelizmente eu não tenho o dom de fazer nail art, mais hoje resolve procurar algumas inspirações e postar para vocês.


29 maio 2013

Resenha: Adeus, por enquanto.

2

Livro: Adeus, por enquanto.
Autora: Laurie Frankel
Editora: Paralela

Sinopse:  
"A talentosa autora de Atlas do amor inova em seu segundo romance, no qual conta a história do jovem casal que estendeu seu amor para além dos limites da vida. Não é milagre e nem magia, é pura ciência da computação. Graças ao software que Sam Elling, um divertido programador do MIT, desenvolve, torna-se possível conversar com projeções perfeitas de pessoas queridas que morreram. Assim, ele ajuda sua namorada a superar a perda recente da avó, mas não esperava que um dia fosse precisar se tornar usuário de seu próprio programa..."





A principio esse livro não tinha me chamado a atenção, até que parei para ver melhor a capa e ler a sinopse e fiquei bem curiosa a respeito da história.
O livro foi lançado em Março pelo selo Paralela da Companhia das Letras e fala sobre amor, sobre perda e saudade. 
Sam é um programador em uma empresa de relacionamento on-line e resolve criar um software maravilhoso que promete ser capaz de determinar a alma gêmea de cada pessoa e aproximá-las.
O programa dá tão certo e funciona tão bem que a empresa em que Sam trabalha começa a perder os seus clientes e por conta disso ele é demitido.
Sem emprego, ele decide testar o seu programa e conhece Meredith, uma jovem triste que não está conseguindo superar a perda de sua vó Livvie.

"Uma pessoa não é um evento - pessoas não 'acontecem'. Você não é a melhor coisa a acontecer comigo. Você é a melhor coisas a acontecer no universo. Você é a melhor coisas que existe ou que já existiu. Eu nem sabia que existia felicidade como essa."

Disposto a ajudar Meredith a matar a saudade de sua avó, Sam cria um novo programa ainda mais surpreendente que o primeiro, tornando possível o contato com as pessoas que já faleceram.
É claro que a partir dai temos pela frente uma história tocante que nós faz a todo tempo refletirmos sobre a vida e pensarmos nas pessoas queridas da nossa família que já se foram.
Ao contrário do que alguns podem pensar o livro não é espírita e toda essa questão de "falar com os mortos" é lidada 100% através da tecnologia e envolve muitas questões do mundo atual.

 “Todo mundo passa mais tempo no Facebook do que com pessoas, mais tempo clicando em perfis do que saindo, mais tempo jogando tênis no videogame do que tênis de verdade, e tocando guitarra no videogame do que guitarra de verdade. As redes sociais não são tão sociais assim. Na verdade, é isolamento. Na verdade, é ficar sozinho. Então ao menos eu não sou assim, certo? Ao menos eu tenho você."

A narrativa é bem sensível e ao mesmo tempo profunda e carregada de diálogos, para quem gosta de romances que misturem drama e tenham temas polêmicos está ai uma ótima sugestão de leitura.
O livro é dividido em três partes e trás uma leitura tranquila e rápida onde cada parte trás um foco diferente dentro da história.
Apesar de ele não ter me emocionado ao ponto de chorar e nem ter se tornado um favorito é uma leitura que indico e recomendo.


27 maio 2013

O visual de Amora da novela Sangue Bom!

2

Sempre que surge uma novela nova na telinha todo mundo fica de olho no visual das personagens e logo o cabelo, as roupas, os acessórios e os esmaltes utilizados por elas caem no gosto popular e viram moda em todo Brasil.
Agora chegou a vez de Amora, a personagem interpretada por Sophie Charlotte em Sangue Bom, a nova novela das 7.


A personagem está sempre impecável e abusa de transparências e fendas em seu guarda-roupas.
Os itens queridinhos do seu closet são os vestidos e blusas com tule nude.
O tecido bem fininho e da cor da pele dá a impressão de que a roupa está moldada ao corpo sem nenhum suporte.
Mais na hora de apostar nesse visual vale a pena uma dica: se o vestido é curto e com mangas, não há problema algum em ter o colo de tule nude. 
Já se você deseja usar saia mais curta e blusa transparente é só usar uma regata por baixo da blusa, o importante é saber manter o equilíbrio nas peças escolhidas para que o visual não se torne vulgar.


E para quem deseja saber de todos os detalhes do visual da personagem, o batom utilizado por Amora é o balm hidratante Chubby Stick Moisturizing Lip Colour, da Clinique. A cor é o Oversized Orange, que custa R$ 84 e é vendido através do site da marca.
Já o esmalte é bem mais conhecido e acessível ao bolso de todas, pois ela utiliza o clássico Black da Colorama.

E vocês, o que acham do visual da personagem? Copiariam ou não?

24 maio 2013

Resenha: Alma?

5
Livro: Alma?
Autora: Gail Carriger
Editora: Valentina

Sinopse:   
"Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta.
E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido.
Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e... será que vai ter torta de melado?"

Os primeiros livros que a editora Valentina publicou no Brasil me surpreenderam bastante, primeiro foi Garota Tempestade e agora chegou a fez Alma?.
Com essa capa bem diferente e bonita o livro nos apresenta Alexia, uma jovem preternatural (não possui alma), que tem o dom de neutralizar os poderes sobrenaturais apenas com o seu toque.
Ela é uma solterona desastrada, de personalidade forte e muito bom humor.
A história começa quando Alexia decide se esconder na biblioteca no meio de uma festa para tomar um chá e acaba sendo atacada por um vampiro.
Ao tentar se defender do ataque com a sua sombrinha ela mata o vampiro por acidente e logo em seguida tem que dar explicações para Lorde Maccon (um lobisomem sexy e irresistível) que faz parte da ADS - Departamento de Arquivos Sobrenaturais que começa a investigar o caso e descobre que alguns vampiros e lobisomens estão desaparecendo.

"Tomou a forma de lobo – mas somente da cabeça para cima – e rosnou para ela. Foi extremamente bizarro: tanto o ato em si (uma estranha fusão de carne derretida e ossos estalados, muito desagradável de ver e escutar) quanto a visão de um cavalheiro vestido de forma impecável, mas com uma cabeça perfeita de lobo sobre a gravata plastrom de seda cinza"
  
A narrativa em 3ª pessoa é bastante fluida e rápida e a história se passa em uma Inglaterra Vitoriana que possui uma sociedade muito bem organizada onde vampiros e os lobisomens vivem pacificamente entre os humanos. 
Recheado de mistério, suspense, ação e um romance bem quente Alma? tem a receita certa para virar favorito na estante de muitos leitores, assim como virou na minha.
Todos os personagens são tão bem construídos e interessantes que por muitas vezes alguns secundários como o mordomo Floote por exemplo, acabaram roubando a cena e me conquistando.
Mais quem dominou o meu coração completamente foi o Lorde Maccon, acho que nunca gostei tanto de um Lobisomem antes..rsrs

"Lorde Maccon nunca a vira chorar antes. Isso o deixou bastante abalado. Ele ficou furioso ao se dar conta de que algo entristecia sua corajosa Alexia. Queria matar alguém, e, daquela vez, não por ser lobisomem. Até porque, como ela o segurava com firmeza, mostrava-se tão humano quanto possível." 

Além da capa, a revisão e diagramação do livro estão impecáveis e no final do livro temos uma uma pequena entrevista com autora para que os leitores possam conhece-la um pouco melhor.
Vale a pena ressaltar também que Alma? possui uma história com começo, meio e fim, porém é apenas o primeiro livro de uma série de cinco livros de um gênero chamado Steampunk, onde tecnologia e elementos de época aparecem juntos.
Ele trás uma história diferente e muito bem escrita e por isso, mesmo se você não for tão fã de histórias que envolvam seres sobrenaturais assim como eu não sou vale a pena dar uma chance a leitura.


22 maio 2013

Comprar maquiagem e cosméticos online?

1 comentários

Está precisando de maquiagem, perfumes e cosméticos novos e não tem tempo de ir até a loja comprar?


Desde o ano passado o Leitora Fashion possui uma lojinha de produtos Lumi no facebook.
Através dela é possível comprar online e com segurança, esmaltes, sombras, hidratantes, perfumes e vários outros produtos da nossa parceria aqui do blog Lumi Cosméticos.
Vale muito a pena fazer as suas compras por lá, pois além de adquirir produtos de qualidade você estará ajudando o Leitora Fashion a crescer cada vez mais.

 

21 maio 2013

Resenha: Pandemônio

3


Livro: Pandemônio
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca

Sinopse:    
"Dividida entre o passado, a luta pela sobrevivência na Selva e o presente, no qual crescem as sementes de uma violenta revolução, Lena Haloway terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor sem se transformar em um zumbi: modo como os Inválidos se referem aos curados. 
Não importa o quanto o governo tema as emoções, as faíscas da revolta pouco a pouco incendeiam a sociedade, vindas de todos os lugares… inclusive de dentro."

 


*Pode conter spoilers de Delírio, para conferir a resenha dele, clique aqui.


Antes de qualquer coisa tenho que dizer que eu considero praticamente impossível falar desse livro sem citar alguns acontecimentos importantes do livro anterior, por isso se você ainda não leu "Delírio" e pretende ler, eu aconselho a pular a resenha a partir daqui e ler somente o seu parágrafo final.
Quando terminei de ler "Delírio" a um ano atrás ele não se tornou somente um dos meus livros favoritos como também a minha distopia favorita e por isso tinha muitos motivos para aguardar ansiosa o lançamento de "Pandemônio" no Brasil e criar altas expectativas a respeito da sua história.
Depois do final desesperador do primeiro livro e da tentativa de fuga angustiante de Lena e Alex para Selva, começamos Pandemônio alguns meses depois com uma Lena bem mais madura e consciente da realidade a sua volta.
Ela agora luta pela sua sobrevivência e sabe mais do que nunca que o amor não é uma doença e irá fazer de tudo para ir contra a um sistema em que ela acreditou e confiou a vida inteira.

"Antes de conhecer Alex, vivi quase dezoito anos acreditando piamente no sistema, acreditando cem por cento que o amor era uma doença, que precisamos nos proteger, que garotas e garotos devem ficar rigorosamente separados para impedir o contágio."

Junto com Lena nessa luta conhecemos novos e interessantes personagens como Graúna, Prego, Azul entre outros e todos eles são muito bem contruidos e explorados ao longo da história.
Entre os novos personagens temos também Julian, um personagem tão importante e presente nesse livro que com a sua fofura me deixou confusa e culpada, pois com ele na história foi até possível se esquecer de Alex em alguns momentos.
Se no primeiro livro algumas pessoas sentiram a falta de distopia na história, nesse o foco central é a sociedade distópica criada por Lauren Oliver e todos os seus ensinamentos, contradições e revoltas.
Apesar de estar de certa forma sempre presente, o romance acaba aparecendo bem pouco durante toda a história e deixando aquele sentimento de querer sempre mais.

"Julian também começa a rir, depois faz uma careta e toca o lábio ferido - Ai - diz ele, e isso me faz rir ainda mais, o que o faz rir e depois dizer "ai" de novo. 
Em pouco tempo estamos rolando de rir. Julian tem uma gargalhada surpreendentemente gostosa, baixa e musical. - Certo, sua vez - diz ele por fim, ofegante, quando as gargalhadas acabam."

O livro trás os capítulos alternados entre o agora e o antes, tornando possível que o leitor saiba de tudo o que aconteceu com Lena desde que ela atravessou a cerca que protegia a sua cidade contra a doença Delíria (amor) e o perigo que eles acreditam vir de seus contaminados.
A narrativa da autora ainda me encanta e eu continuo admirando muito a sua escrita, porém tenho que admitir que ela acabou se perdendo um pouco nesse livro e por isso considero ele um pouco inferior ao primeiro livro da trilogia.
Por alguns momentos senti que a história permanecia exatamente no mesmo lugar e nada de novo acontecia e o diferencial mesmo acabou ficando somente para o final do livro que assim como o primeiro termina sem um desfecho e deixa o leitor desesperado por sua continuação.
Só me resta aguardar ansiosa pelo lançamento do terceiro e último livro aqui no Brasil e torcer para que a história tenha o final maravilhoso que merece.



20 maio 2013

Esmalte da Semana: Val

1 comentários
                         Nessa semana estou usando... 
  
   Val - Sancion Angel

Essa semana estou usando o Val da marca Sancion Angel.
A cor é um tom de pêssego claro, super fofo.
Essa é a primeira vez que uso essa marca e infelizmente me decepcionei um pouco com a qualidade do produto, a textura dele é bem fraca e foi necessário umas 3 camadas bem generosas para que ele cobrisse completamente as unhas e ficasse com essa tonalidade da foto. 

    Beijos e uma ótima semana para todos :)  

18 maio 2013

Na minha caixa de correio #67

4

Nessa semana eu recebi...


Confiram a resenha de "Entre o agora e o nunca" clicando aqui.

17 maio 2013

Super Sorteio: Dia dos Namorados 2013

59

Quer ganhar os três livros da autora Cecelia Ahern que foram lançados pela editora Novo Conceito + uma lata cheia de bombons + um colar de coração?

Participe do nosso sorteio em comemoração ao dia dos namorados.
a Rafflecopter giveaway
 
Parabéns Luciana !!

16 maio 2013

Dicas: Roupas para parecer mais alta.

1 comentários

Saiba o que usar para parecer mais alta e ganhar curvas!
 

Vocês sabiam que o youtube tem um canal oficial de moda?
O canal ymoda é muito legal e trás sempre vídeos com dicas e novidades desse universo da moda que também faz parte aqui do blog, eu sempre passo por lá e hoje revolvi dividir com vocês um vídeo bem legal com algumas dicas feitas especialmente para pessoas baixinhas e sem curvas.

Vale a pena conferir.

14 maio 2013

Resenha: Mentirinhas Inocentes (L.A Candy 2)

4
Livro: Mentirinhas Inocentes (L.A Candy 2)
Autora: Lauren Conrad
Editora: Galera Record

Sinopse:     
"Jane Roberts era uma garota normal até que ela e sua melhor amiga, Scarlett Harp, começaram um reality show, “LA Candy”. Agora, as meninas têm um acesso livre ao melhor de Hollywood. Mas há mais na vida em frente as câmeras do que apenas festas e compras. . . . Quando fotos picantes de Jane vazam na imprensa, ela se encontra no centro de um escândalo nos tabloides Ela pede ajuda para Madison Parker sem saber que ela está tramando nos bastidores. Ela pode ser ombro de Jane para chorar, mas Madison realmente quer ajudar Jane? Scarlett tem seu próprio escândalo para cuidar. Ela se apaixonou por alguém que é estritamente fora dos limites — o que significa que Scarlett tem um grande segredo para manter. . . das câmeras do “LA Candy”, dos paparazzi que ficam envolta do seu apartamento, até mesmo de sua melhor amiga… É claro, nada permanece em segredo por muito tempo para as estrelas do mais novo seriado de TV, e todo esse drama não poderia ser melhor para o ibope. Mas pode Jane sobreviver mais uma temporada no centro das atenções?"

Para conferir a resenha do primeiro livro da série, clique aqui.

Li o primeiro livro dessa trilogia a quase dois anos atrás e por isso tive que reler antes de começar essa continuação, pois não queria correr o risco de me perder na história.
Mentirinhas Inocentes começa a apenas alguns dias depois do final conturbado de L.A Candy sendo muito difícil começar a falar desse livro sem dar um mega spoiler a respeito do final do primeiro, mais irei tentar.
O que posso dizer é que Jane mais do que nunca está insatisfeita com a fama repentina que o reality show, que ela protagoniza junto com a melhor amiga Scarlett, lhe rendeu.

"De início, a fama repentina foi empolgante e lisonjeira. Agora ela era uma das celebridades lindas e glamorosas. Tinha as melhores mesas nas melhores boates. Os estilistas lhe mandavam roupas de graça. Ela era convidada para uma festa hollywoodiana diferente praticamente todas as noites e ficava ao lado dos VIPs que antes via apenas na televisão ou lia a respeito nas revistas. Porém, toda aquela atenção também era algo confuso."

Estando um pouco afastada de Scarlett por conta dos acontecimentos do primeiro livro, Jane acaba se aproximando mais de Madison sem saber que ela na verdade continua bem longe de ser a amiga prestativa e carinhosa que tenta aparentar e vai arranjar bem mais dor de cabeça do que ela pode imaginar.
Enquanto Jane muitas vezes se tornava irritante e chata com as suas indecisões e reclamações, Scarlet está cada vez mais divertida e me fez dar boas risadas durante as suas filmagens no programa e também dar bons suspiros com o seu romance fofo.
Definitivamente depois desse segundo livro prefiro bem mais Scar do que Jane. 

"Andei tão preocupada com você, ganhei quase três quilos de tanto comer de estresse. Antes eu pensava que os diamantes eram os melhores amigos de uma garota, mas agora percebi que são os carboidratos. Sério, tenho uma baguete francesa em casa usando uma pulseirinha da amizade."

Assim como o primeiro volume, Mentirinhas Inocentes é narrado em terceira pessoa o que nos permite uma visão ampla da história sem se prender somente a visão do protagonista narrador.
Vale lembrar também que o foco do livro continua sendo todo esse lance de reality show e as loucuras da fama instantânea, um tema bem interessante e que não é muito comum nos livros que estão sendo lançados atualmente. 
No final gostei até mais desse do que do primeiro livro, pois além de ter um pouco mais de ação a autora soube explorar mais aos personagens secundários e eles acabaram me conquistando como a Gabi e o Braden por exemplo.
Agora só espero que o terceiro e último livro não demore tanto a ser lançado por aqui, pois estou bem curiosa para conhecer o final dessa história.

 

13 maio 2013

Burgundy: A cor do inverno 2013

7

Você já ouviu falar do Burgundy?
Essa cor que se assemelha a um tom de vinho promete tomar conta dos guarda-roupas nesse inverno.


Além de sofisticada essa a cor é versátil e combina com todos os tipos de pele. 
Vale apostar na roupa, em acessórios e  até mesmo na make, pois essa tonalidade tende a valorizar qualquer visual básico.


Na maquiagem, a cor é perfeita para a noite.
O único cuidado a ser tomado é em não abusar: a cor é linda, mas deve ser usada com cautela para não pesar no visual. 
O mesmo vale para a make, se você apostar num batom burgundy, use uma sombra mais leve e neutra para balancear.


Seja nas roupas, calçados ou acessórios o bom mesmo é se jogar nessa moda sem medo de errar, invista no burgundy e depois venha contar o que achou da nova moda.

12 maio 2013

Tag: Na cama

2

Brincadeira criada por Renee: http://www.youtube.com/user/NEHOMAS2
Adaptada para o português por Babi Lorentz: http://www.youtube.com/watch?v=rra-2vBeiqI

10 maio 2013

Resenha: Entre o agora e o nunca.

45
Livro: Entre o agora e o nunca
Autora: J.A Redmerski
Editora: Suma

Sinopse:    
"Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.
Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois."

Sem dúvida nenhuma posso dizer que "Entre o agora e o nunca" foi um dos lançamentos mais aguardados dos últimos meses por grande parte da blogosfera literária.
E é claro desde que vi essa linda capa e li a sinopse pela primeira vez também entrei para o time dos ansiosos pelo livro, tanto que assim que ele chegou aqui em casa no começo dessa semana fui correndo começar a leitura. 
Cam é uma jovem triste e solitária que perdeu o namorado em um trágico acidente de carro, tem um irmão presidiário e acaba de brigar feio com a sua melhor amiga.
Perdida e sem saber que rumo tomar na vida ela decide deixar tudo para trás e realizar um antigo sonho de viajar de ônibus para qualquer lugar que o destino a levar.

“Se você fica se prendendo no passado, não consegue seguir em frente. Se passa muito tempo planejando o futuro, você se empurra pra trás ou fica estagnada no mesmo lugar a vida toda. — Seus olhos encontram os meus. — Viva o momento — ele diz, como se estivesse dizendo algo sério — aqui, onde tudo está certo, vá com calma e limite suas más lembranças e você chegará ao seu destino, seja qual for, muito mais rápido e com menos acidentes de percurso.”

Já no começo da viagem ela acaba conhecendo Andrew, um jovem misterioso que está indo visitar o pai, que está a beira da morte em um hospital.
No começo os dois se estranham, mais ao longo da viagem e depois de algumas paradas eles acabam se aproximando bastante e criando uma ligação bem intensa que nos rende além de cenas bem quentes e picantes uma linda demonstração de amor, companheirismo e proteção.
A maioria dos capítulos são narrados em primeira pessoa por Camryn, porém também temos alguns deliciosos capítulos narrados por Andrew, o que deixa a narrativa ainda melhor.

"Quando me debruço por cima da poltrona dela para olhá-la, me pergunto o que deu em mim para fazer isso. Mais eu sempre gostei de desafios, e sua atitude atrevida comigo numa conversa que durou menos de 45 segundos foi o suficiente para que eu topasse essa aposta metafórica com ela. Sempre tive um fraco por garotas atrevidas."

A narrativa é fluida e bem gostosa, daquele tipo de leitura que te faz devorar o livro e só perceber que o tempo passou quando chega na última página.
Ambos os personagens são divertidos, intensos e complexos e conquistam fácil o leitor ao longo da história.
O final apesar de ser um pouco corrido é muito surpreendente e me fez chorar bastante só de imaginar o que poderia acontecer na próxima linha.
Somente um pouco antes de finalizar a leitura é que descobri que o livro terá uma continuação, que infelizmente acredito que só será lançada no ano que vem por aqui, mais que aguardo desde já o seu lançamento.
Esse foi o primeiro livro sobre uma road trip (viagem de ônibus/carro) que li e me apaixonei tanto pelo tema que já estou louca querendo ler outros livros com essa temática em breve.


_______________________________________ 

Sorteio:

a Rafflecopter giveaway
 
 

08 maio 2013

5 Dicas para dar um jeito no cabelo pela manhã

4
Sabe quando você vê que o seu cabelo está horrível e entra em desespero?
Encontrei na revista Gloss algumas dicas incríveis para te ajudar a resolver esse problema.



1. FIOS ARREPIADOS
Só o spray antifrizz salva! Mas, para não deixar o cabelo pesado ou oleoso logo cedo, espalhe antes o produto entre as mãos. Esfregue uma na outra e passe no comprimento. Termine a aplicação no topo da cabeça. Balance um pouco os fios e ajeite-os com as mãos. E carregue o produto na bolsa caso precise dele ao longo do dia!

2. QUANDO A ESCOVA PARECE VENCIDA
Com o cabo de um pente fino, separe somente as mechas que perderam o efeito da escova. Borrife um spray antifrizz e passe a chapinha bem perto da cabeça. Se quiser um look de passarela, faça uma risca lateral e passe um pouco de gel no topo da cabeça. Alise com um pente.

3. NEM LISO, NEM CACHEADO, MAS COM MUITO VOLUME
Passe o leave-in nos fios e penteie. Divida o cabelo ao meio e separe 4 mechas largas – duas no topo e duas embaixo. Prenda-as e borrife spray de fixação suave. Deixe por 30 minutos e solte ajeitando com as mãos.

4. TÃO OLEOSO QUE GRUDOU NA CABEÇA
Se não há tempo de lavar, use um xampu seco. Borrife o produto direto na raiz. Concentre-o nas regiões de maior oleosidade, como atrás da orelha, no topo da cabeça, na costeleta e na franja. As vezes, os xampus secos podem deixar alguns resíduos brancos. Balance a cabeça para espalhar e pronto.

5. FRANJA FORA DO LUGAR
Prenda um rabo de cavalo e deixe só a franja solta. Borrife água nos fios e penteie-os para baixo várias vezes. Quando a franja estiver quase seca, modele com uma escova redonda larga e secador. Finalize com spray fixador de efeito seco.

07 maio 2013

Resenha: Seraphina

3
Livro: Seraphina
Autora: Rachel Hartman
Editora: Jangada

Sinopse:       
"Décadas de paz pouco fizeram para diminuir a desconfiança entre seres humanos e dragões no reino medieval de Goredd. Criaturas extremamente inteligentes que podem assumir a forma humana, os dragões frequentam a corte como embaixadores e usam sua mente racional e matemática em universidades, como estudiosos e professores. No entanto, à medida que o aniversário do Tratado de Paz se aproxima, o clima começa a ficar perigosamente tenso. Seraphina Dombergh, uma garota de 16 anos com grande talento para a música, tem um terrível segredo e razões para temer humanos e dragões. Ela se torna assistente do compositor da corte justo quando um membro da família real é encontrado morto, devido a um ataque muito ao estilo dos dragões, isto é, com a cabeça arrancada a mordidas. Seraphina, com sua inteligência e senso de humor ácido e feroz, passa a colaborar com as investigações, ao lado do capitão da Guarda da Rainha, o sagaz e encantador Príncipe Lucian Kiggs. Enquanto eles começam a encontrar pistas de uma trama sinistra para destruir a paz, a fachada cuidadosamente construída por Seraphina começa a desmoronar, tornando cada vez mais difícil manter seu segredo, cuja revelação seria catastrófica em sua vida."

Apesar de ter lido várias opiniões e resenhas positivas a respeito desse livro, comecei a leitura sem nenhuma expectativa, pois esse costuma ser um gênero literário que está longe de ser o meu preferido.
Seraphina é uma adolescente que vive no reino medieval de Goredd, um lugar onde dragões e humanos vivem em paz a 40 anos.
A garota de apenas 16 anos tem uma ligação forte e especial com a música desde o seu nascimento e acaba de se tornar assistente do compositor da corte e ganhar a oportunidade de se apresentar em grandes cerimônias e encantar a todos com a sua música.

"Esse é o segredo do bom desempenho: convicção. A nota certa tocada com hesitação ainda assim sai desafinada, mas toque-a com ousadia e ninguém lhe fará perguntas. Se alguém acredita que existe verdade na arte - e eu acredito -, então é preocupante ver o quanto a habilidade de atuar é parecida com a de mentir. Talvez a mentira seja também um tipo de arte. Penso mais nisso do que deveria."

A narrativa é feita em primeira pessoa e a autora nos apresenta em detalhes todos os personagens, assim como a história, cultura e hábitos do reino de Goredd.
Nesse universo bem inusitado os dragões tem uma forma bem diferente do que estamos acostumados, eles conseguem assumir a forma humana para poder viver junto com os humanos o que acaba tornando tudo ainda mais interessante.

"Meu cavalo empinou e em seguida eu estava no chão, caída de costas na neve, sem fôlego.
Kiggs desceu do cavalo num instante, espada em punho, formando uma barreira entre mim e a escuridão impregnada de enxofre, o contorno muscular das asas contra o céu. 
Ele estendeu a mão esquerda, tateando o ar, para me ajudar a ficar de pé; eu me forcei a me sentar, coloquei a mão na dele, puxei o ar para os pulmões. 

Infelizmente não existe muito romance ao longo da narrativa, o que eu considero o único ponto negativo, pois como todos que acompanham o blog sabem sou apaixonada por romances até mesmo quando o livro não é desse gênero...rsrs
Porém, com o clima de mistério e aventura que domina toda a história o livro me surpreendeu positivamente e com certeza irei acompanhar a série e torço para que o próximo volume seja lançado logo por aqui. 

 

06 maio 2013

Esmalte da Semana: Red Tropicale 2

2
Nessa semana estou usando... 
  
  Cor 2 (Coleção Red Tropicale - Derma Nail)
 

 
Essa semana estou usando a cor 02 da coleção Red Tropicale da Derma Nail.
A cor 02 é um laranja mais fechado, puxado para o vermelho e muito bonito.
Os esmaltes dessa marca têm uma duração muito boa e além disso são hipoalegênicos, o que eu considero um super beneficio hoje em dia.
Para dar um toque a mais nas unhas eu apliquei nos anelares um adesivo de cupcake da Vanessa Unhas, só que infelizmente ele não se destacou muito no esmalte laranja, acredito que o adesivo fique bem melhor com bases de cores claras. 
 
    Beijos e uma ótima semana para todos :)   

05 maio 2013

Na minha caixa de correio #66

2
Confiram tudo que eu recebi nos últimos dias...

04 maio 2013

Resenha: Anjo Amador

3
Livro: Anjo Amador
Autora: Karri Thompson
Editora: Jangada

Sinopse:        
"Com apenas 18 anos, Ashley não é uma adolescente comum. Ela não apenas está morta, como, depois de sua morte, entrou por engano na fila errada - uma fila destinada a anjos da guarda treinados, prestes a iniciar a sua missão na Terra. Com um par de asas nas costas, ela é enviada para Los Angeles com a tarefa de substituir um anjo cuja "missão" era proteger ninguém menos do que o sexy roqueiro Cannon Michaels, líder da banda Sendher, o maior ídolo de Ashley. Enquanto tenta compreender o comportamento de Cannon, um jovem mimado e imprudente, com um estilo de vida totalmente "rock and roll", Ashley está longe de satisfazer os requisitos de um verdadeiro anjo da guarda. Ela sente falta da família e dos amigos, tem dificuldade para aceitar a própria morte, e acaba pondo em risco a sua missão como anjo e a própria vida de Cannon ao se apaixonar perdidamente por ele."

Quando recebi esse livro para resenha fiquei encantada por essa capa fofa e fui logo começar a leitura com a expectativa de encontrar pela frente um romance leve, fofo e com uma história que talvez fosse clichê mais que me agradasse bastante.
O livro conta a história de Ashley, uma garota de 18 anos que morre em um acidente de carro e ao chegar no céu acaba entrando na fila errada e se tornando anjo da guarda de Cannon Michaels, um famoso cantor de rock que sempre foi o seu ídolo.

"Será que eu o amava? Desde a oitava série em todos os meus cadernos de escola eu escrevia "Eu" coraçãozinho "Cannon", mais havia também "Eu" coraçãozinho "Sendher". Eu havia escrito aquilo uma vez sem nenhuma emoção real que não fosse uma quedinha. Sarah tinha lido a minha alma enquanto estávamos na fila, e ela me disse que eu nunca tinha me apaixonado, eu acho que ela estava certa."

Ashley ainda não aceita o fato de ter morrido e fica completamente perdida sem saber ao certo o que fazer para cumprir corretamente os seus deveres de anjo da guarda. 
Enquanto tentar pedir ajuda de outros anjos da guarda e acompanhar de perto a vida de Cannon ela acaba descobrindo que a tarefa parece ser ainda mais difícil do que ela imaginava.
No começo a história chegou a me empolgar um pouco, mais logo em seguida me desanimou bastante, pois a medida que a leitura avançava a história permanecia parada no mesmo lugar e infelizmente a autora não soube explorar muito bem o enredo que criou e até mesmo o fato de Ashley ser uma personagem bem divertida e bem humorada não conseguiu sustentar a história.

 "Lá estava eu, Brett Ashley Baker, também conhecida como "a menina morta" ou "o anjo da guarda sem treinamento", tentando descobrir todas essas coisas de anjo, além de estar morta." 

Fiquei o tempo inteiro esperando as coisas acontecerem e quando elas finalmente começaram a acontecer o livro terminou de uma forma bem confusa e cheio de pontas soltas.
Não sei dizer se haverá uma continuação e se o livro faz parte de uma série, já que não encontrei nenhuma informação a respeito disso, mais caso ela exista torço muito para que a autora amadureça um pouco a sua escrita e saiba criar a história que ficou faltando nesse primeiro livro.
Mesmo que eu não tenha gostado do livro não deixo de indicar, pois quem sabe para outra pessoa a leitura não agrade mais do que me agradou, não é mesmo?
Por isso se você ler venha aqui e compartilhe a sua opinião comigo, irei adorar saber o seu ponto de vista.

 

02 maio 2013

Dicas para deixar a pele linda e saudável.

2
Sempre cuidamos muito bem do cabelo, das unhas e do corpo e muitas vezes  acabamos esquecendo da pele e do rosto não é mesmo? 
É muito importante não esquecer de cuidar e tratar corretamente a pele antes que a idade chegue e junto com ela sinais indesejados comecem a aparecer. 


Antes dos 20 anos –  Se sua pele for normal ou seca, use sempre protetor solar e cremes revitalizantes, que garantam a hidratação.
Já se tiver a pele muito oleosa e problemas de espinha, procure produtos que tenham em sua fórmula ácido retinóico. Além de ajudar a tratar, ele também estimula a produção de colágeno e você resolve dois problemas de uma só vez.

Entre os 20 e 25 anosSe não tiver acne, prefira os derivados do ácido, como o retinol e o retinoldeído. Eles são mais suaves e causam menos irritação na pele. Usar produtos que contenham vitamina C ou extrato de café e chá verde, que são ótimos antioxidantes, também é indicado. 
A vita C reduz a produção de radicais livres, tem um efeito clareador suave e estimula levemente a produção de colágeno. E o protetor solar é indispensável no dia a dia!

De 25 a 30 anos Aqui as linhas já começam a aparecer mais e vale a pena combinar o ácido a antioxidantes e filtro solar. Aplique os cremes com vitamina C ou extrato de café e chá verde de manhã e a noite. Já o ácido retinóico é melhor antes de dormir, já que ele pode causar foto sensibilidade e deixar a pele irritada e até com alergia.  


Para todas as idades - Usar produtos indicados para peles mais velhas que a sua não é indicado, porque eles são mais densos, viscosos e oleosos. Eles podem causar a obstrução de poros e, consequentemente, favorecer o aparecimento de espinhas e cravos. Para a pele jovem, que tem hidratação natural, eles são muito pesados. 
E não podemos esquecer que o filtro solar também é indispensável e deve ser utilizado diariamente.

Fonte: Revista Gloss
 
Leitora Fashion © Todos os direitos reservados
leitorafashion@gmail.com